Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Abertura de mercado

O que esperar para bolsa e câmbio no Brasil nesta 3ª-feira (28)

Confira aqui as principais notícias, a agenda das autoridades e o informe corporativo do dia

28 setembro 2021 - 09h44Por Investing.com

Por Ana Beatriz Bartolo, da Investing.com - O Ibovespa Futuros abre em alta nesta manhã de terça-feira, e avança 0,27% às 09h11.

O mercado acompanha os desdobramentos da reforma do Imposto de Renda (IR), enquanto digere a Ata do Copom, na qual o Banco Central alerta para as pressões da inflação.

EUA

Já nos Estados Unidos, a expectativa é pelo discurso do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, que já afirmou que a inflação deve ser mais duradoura do que o esperado.

Os futuros da Nasdaq 100 recuam 1,49%, enquanto os da S&P500 e da Dow Jones caem 0,74% e 0,34%, respectivamente.

Covid-19

O Brasil registrou nesta segunda-feira 210 novas mortes por Covid-19, o que eleva o total de vítimas fatais da doença no país a 594.653, informou o Ministério da Saúde.

Também foram contabilizados 14.423 novos casos de coronavírus, com o total de infecções no país avançando para 21.366.395, acrescentou a pasta.

Privatizações

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o plano econômico do governo para os próximos dez anos prevê a realização de mais privatizações, incluídas as vendas do Banco do Brasil (SA:BBAS3) e da Petrobras (SA:PETR4), com a ideia de que isso se torne um “dividendo social”, disse o ministro em evento da International Chamber of Commerce (ICC) Brasil.

As privatizações estavam entre as principais propostas do governo durante as eleições passadas, mas até agora, nenhuma grande venda foi feita.

Por outro lado, duas novas estatais foram criadas: a NAV Brasil Serviços de Navegação Aérea e a Empresa Brasileira de Participação em Energia Nuclear e Binacional, a ENBpar, que faz parte do plano de privatização da Eletrobras (SA:ELET3).

Ainda assim, o ministro destacou que R$ 240 bilhões foram arrecadados com a venda de subsidiárias nos últimos dois anos e meio.

Guedes disse que agora era a vez dos peixes grandes, como os Correios e a Eletrobras.

Mais notícias

Ata do Copom - O Banco Central (BC) ponderou subir os juros para além do ajuste de 1 ponto, que adotou, mas chegou à conclusão que a dose era adequada para garantir a convergência da inflação para a meta em 2022 enquanto avalia com mais cautela o estado da economia após o impacto causado pela crise de Covid-19.

Auxílio Brasil - O Congresso Nacional aprovou, na última segunda-feira, 27, um projeto de lei que autoriza o governo federal a usar a reforma do Imposto de Renda (IR) como fonte de recursos para compensar a criação do Auxílio Brasil, programa desenhado para substituir o Bolsa Família.

Créditos suplementares - O Congresso aprovou um projeto que aumenta o prazo e os limites para abertura de créditos suplementares pelo governo sem aval do Legislativo ainda em 2021.

Com isso, o governo poderá trocar despesas de lugar por decreto ou portaria até o fim do ano. Esse nível de flexibilidade pode facilitar a negociação de verbas com deputados e senadores em troca de apoio político.

Confiança - O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC), da FecomercioSP, apresentou avanço de 5,4% em um mês, e passou de 107,8 pontos, em agosto, para 113,5 pontos, em setembro.

Agenda das autoridades

Jair Bolsonaro - Cerimônia de Inauguração da Estação Cidadania, de Entrega de Títulos de Propriedades Rurais e de Anúncio de Duplicação da BR-116 e da BR-101; Cerimônia de Entrega do Residencial Dr. Marcelo Vilela.

Paulo Guedes - Reunião com o procurador-geral da Fazenda Nacional, Ricardo Soriano; Almoço com o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto; Reunião com o presidente do BNDES, Gustavo Montezano; Participação no Lançamento da obra “Cirurgia Robótica - Princípios e Fundamentos"; Participação no 5º Fórum Nacional do Comércio, com tema central “Brasil em Pleno Crescimento”.

Campos Neto - Almoço com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, o Secretário da Secretaria Especial do Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal, e o Secretário da Secretaria de Política Econômica, Adolfo Sachsida.

Informe corporativo

Petrobras (SA:PETR4) - Segundo o presidente da Petrobras, General Joaquim Silva e Luna, a empresa tem ampliado o fornecimento de gás natural, utilizado como insumo por usinas térmicas de geração de eletricidade.

A estatal também avalia elevar preços de combustíveis em suas refinarias, disse o diretor-executivo de Comercialização e Logística, Cláudio Mastella, ao reconhecer que "pontualmente" os valores estão defasados ante o mercado internacional.

JHSF (SA:JHSF3) - O conselho de administração da JHSF aprovou a 1ª emissão de nota promissória comercial no valor de R$ 100 milhões com distribuição pública e esforços restritos, que terá como custodiante o banco Bradesco (SA:BBDC4).

A nota não terá garantias, será em série única e o vencimento em até 365 dias. A remuneração seguirá a variação do CDI mais 1,40% ao ano.

O pagamento ocorrerá no vencimento do papel.

Desktop (SA:DESK3) - A Desktop anunciou a aquisição da LPNet, provedora de serviços de internet de banda larga com tecnologia de fibra óptica.

A empresa é uma das mais relevantes do Estado de São Paulo nesse segmento, com atuação em mais de 40 municípios e cerca de cento e vinte e sete mil acessos.

O valor da operação, que aconteceu por meio da sua controlada Starnet Telecomunicação, não foi divulgado.

Vale (SA:VALE3) - A Vale informou que dezenove trabalhadores que estavam presos em mina subterrânea no Canadá voltaram à superfície nesta manhã de terça-feira, e os outros vinte estão a caminho, segundo um comunicado.

Camil (SA:CAML3) - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a aquisição da companhia de massas Santa Amália pela Camil.

A operação foi anunciada ao mercado no mês passado, em um negócio de R$ 260 milhões. Com a compra, a Camil também assumirá o endividamento da Santa Amália da ordem de R$ 150 milhões.

Eneva (SA:ENEV3) - A Eneva fechou um acordo de exclusividade com o Grupo Vale Azul Participações (GVA) para a formação da joint venture para desenvolver e operar o projeto do Terminal Portuário de Macaé (Tepor), no Rio de Janeiro, de acordo com o Valor Econômico.

Usiminas (SA:USIM5) - A Usiminas comunicou ontem a parada para manutenção do alto-forno 2 da usina de Ipatinga, no Vale do Aço (MG).

O equipamento, que passou por reforma em 2020 e voltou a operar em junho deste ano, sofreu um incidente na última sexta-feira, segundo a empresa. O concerto do alto-forno deve durar cinco meses.

CPFL Energia (SA:CPFE3) - A CPFL Energia afirmou que o Cade aprovou a aquisição do controle acionário da Companhia Estadual de Transmissão de Energia Elétrica (CEEE-T) pela sua subsidiária CPFL Comercialização Cone Sul.

Unidas (SA:LCAM3) - A Unidas aprovou, em assembleia geral, a compra da Nexcorp por meio da subsidiária Agile Gestão de Frotas e Serviços.

O anúncio da aquisição foi feito no fim de agosto pelo valor de R$ 120 milhões, sendo R$ 71 milhões em dinheiro e o restante em 1.965.742 ações da locadora de veículos que estão em sua posse.

Itaúsa (SA:ITSA4) - A Itaúsa busca diversificar o seu portfólio com investimentos em saúde e agronegócios, segundo o jornal O Globo. A empresa também não descarta ampliar a sua participação no setor de saneamento básico.

Irani (SA:RANI3) - A Irani aprovou o programa de recompra de até 8,2 milhões de ações ON, o equivalente a 7,76% do total de papéis do tipo emitidos pela companhia em circulação.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: