Menu
Busca sexta, 17 de setembro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Abertura de mercado

O que esperar do Ibovespa e do câmbio nesta 3ª-feira (14)

Confira aqui as principais notícias, a agenda das autoridades e o informe corporativo do dia

14 setembro 2021 - 10h08Por Investing.com

Por Ana Beatriz Bartolo, da Investing.com - Depois de o Ibovespa fechar a segunda-feira com alta de 1,85%, aos 116.404 pontos, o Ibovespa Futuros abriu em baixa, mas entrou em terreno positivo após divulgação dos dados de inflação dos EUA.

Às 09h48, o Ibovespa Futuros subia 0,2%. O dólar futuro opera estável a R$ 5,2129

Nos EUA, após operar estáveis com leve queda, os futuros do Nasdaq 100, do Dow Jones e do S&P 500 avançavam por volta de 0,35%.

O EWZ, principal ETF brasileiro negociado no exterior, recuava 0,40% no pré-mercado americano.

EUA

A inflação americana medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,3% em agosto, abaixo do consenso de 0,4% e da leitura anterior de 0,5%.

Na base anual, o indicador acumulou alta de 5,3%, em linha com as expectativas do mercado e abaixo da leitura de julho de 5,4%. Já os núcleos do IPC na base mensal e anual subiram 0,1% e 4%, respectivamente, contra consenso de 0,3% e 4,2%.

A retomada do risco no mercado financeiro vem com o reforço da concepção de que o Federal Reserve vai retirar os estímulos baseado na evolução do mercado de trabalho, conforme reforçado pelo chairman da instituição Jerome Powell no Simpósio Anual de Jackson Hole no fim de agosto.

Com inflação perdendo força, diminui a possibilidade para a retirada dos estímulos antes de a meta de emprego do Fed chegar aos níveis pré-pandemia.

Covid-19

O Brasil superou na última segunda-feira (13) a marca de 21 milhões de casos confirmados de Covid-19, ao registrar 6.645 novas infecções em 24 horas, informou o Ministério da Saúde.

Também foram contabilizados 215 novos óbitos por Covid, elevando para 587.066 o total de mortes pela doença no país, acrescentou a pasta. O número de casos chegou a 21.006.424.

De olho em 2022

Em uma tentativa de apagar o ápice da crise política que aconteceu no dia 7 de setembro e conseguir aumentar a sua base de apoio, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) inicia diversos novos programas sociais, segundo a coluna da Malu Gaspar no O Globo.

Até o momento já foram lançados uma linha de crédito habitacional para policiais e um projeto que inclui famílias de baixa renda na tarifa social de energia.

Para esta semana, ainda são esperados um aumento no valor de financiamento do Casa Verde e Amarela (antigo Minha Casa Minha Vida), um seguro para evitar que obras fiquem paradas e a redução nas taxas de juros do crédito habitacional com recursos do FGTS.

A Caixa ainda vai anunciar uma redução nos juros da casa própria, apesar da alta na taxa Selic, segundo o presidente do banco, Pedro Guimarães.

Apesar desses novos programas, a proposta de aumentar o Bolsa Família ficou de lado, porque o aumento dos preços comprometeu a ideia.

O impacto da inflação nas contas públicas pode não deixar espaço para o Auxílio Brasil (como será rebatizado o Bolsa Família), que deve demandar R$ 18 bilhões a mais do que o programa de distribuição de renda atual.

Mais notícias

Crise hídrica - A Ilha Solteira, a maior usina hidrelétrica de São Paulo, tem apenas 1,45% de água em seu reservatório, segundo dados oficiais do ONS.

O nível vem baixando com rapidez, sendo que, na última quinta-feira, registrava 5,84%; e na terça-feira passada, estava com 11,96%. O uso das turbinas pode ser comprometido com o nível abaixo dos 10%.

Etanol - O presidente Jair Bolsonaro editou Medida Provisória que antecipa a venda direta de etanol entre produtores e postos de combustíveis, dispensando a intermediação de distribuidores.

O texto ainda flexibiliza a "tutela à bandeira", obediência dos postos à marca comercial de um distribuidor, e foi publicado junto a um decreto regulamentador.

Depósitos voluntários - O Banco Central recolheu R$ 1 milhão em depósitos voluntários remunerados das instituições financeiras nesta segunda-feira, 13.

O prazo dos depósitos é de um dia útil e a taxa de remuneração foi de 5,15% ao ano. Essa foi a primeira vez que a autoridade monetária realizou a operação.

5G - O conselho diretor da Agência Nacional das Telecomunicações (Anatel) adiou, pela segunda vez, a definição do edital para o leilão das faixas do 5G, por causa de falta de consenso entre os diretores para a aprovação do texto final do certame.

A retomada das discussões ocorrerá em 30 de setembro.

Carne bovina - A média diária de exportações de carne bovina atingiu 12,4 mil toneladas até a segunda semana deste mês, uma disparada de 83,1% em relação ao volume embarcado por dia em setembro de 2020, apesar de uma suspensão temporária de vendas da proteína para a China, mostraram dados do governo federal.

Agenda das autoridades

Jair Bolsonaro - Reunião com Embaixador Carlos França, Ministro de Estado das Relações Exteriores; Reunião com Luiz Eduardo Ramos, Ministro de Estado da Secretaria-Geral da Presidência da República; Reunião com Pedro Cesar Sousa, Subchefe para Assuntos Jurídicos da Secretaria-Geral da Presidência da República; Reunião com Ciro Nogueira, Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República; Solenidade de entrega do Prêmio Marechal Rondon de Comunicações.

Paulo Guedes - Reunião com o presidente do Instituto Unidos pelo Brasil, Nabil Sahyoun; Evento virtual Open Mind Brazil - Cenário Econômico do País; Participa como palestrante no evento "MacroDay" - BTG Pactual (SA:BPAC11).

Campos Neto - Profere palestra no evento MacroDay 2021, promovido pelo BTG Pactual.

Informe corporativo

Petrobras (SA:PETR4) - A Petrobras quer vender o seu óleo diesel do tipo HVO a preço mais competitivo do que o biodiesel adicionado, atualmente, ao diesel fóssil para ser comercializado nos postos revendedores. O HVO é a versão 'verde' do diesel da Petrobras, produzido a partir de óleos vegetais.

Hoje, o presidente da estatal, Joaquim Silva e Luna, participa de um debate sobre a situação da operação das termelétricas, o preço dos combustíveis e outros assuntos relacionados à empresa no plenário da Câmara.

Rumo (SA:RAIL3) - A Rumo confirmou nesta noite que seu conselho de administração aprovou a emissão de até US$ 500 milhões em bonds sustentáveis (notas seniores). Os títulos terão vencimento em janeiro de 2032 (10 anos e 4 meses) e serão emitidos pela subsidiária Rumo Luxembourg.

SLC - O conselho de administração da SLC Agrícola (SA:SLCE3) aprovou um programa de recompra de até dois milhões de ações ordinárias e sem valor nominal de emissão para manutenção em tesouraria e/ou posterior cancelamento, sem redução do capital social. O prazo máximo para a realização da operação é de 18 meses a partir de hoje.

Sanepar (SA:SAPR11) - A Companhia de Saneamento do Paraná prorrogou novamente a cobrança de contas de água e esgoto para os clientes cadastrados na Tarifa Social, pelo período de 90 dias a partir da próxima quinta-feira, 16. Antes, a empresa já prorrogou seis vezes o prazo das contas dos clientes enquadrados no perfil.

CSN (SA:CSNA3) - Além de sinergias operacionais, administrativas e de logística, a aquisição da LafargeHolcim, subsidiária do grupo Holcim no Brasil, pela CSN Cimentos, anunciada na semana passada, trará ganhos fiscais e tributários relevantes. Entre prejuízos acumulados e ágio, o impacto positivo está estimado em R$ 800 milhões, segundo o Valor Econômico.

Sinqia (SA:SQIA3) - Com os R$ 400 milhões captados em uma oferta subsequente de ações na semana passada, a Sinqia pretende fazer ao menos seis aquisições nos próximos 12 meses, disse o diretor financeiro e de relações com investidores, Thiago Rocha.

A meta da empresa continua sendo a de conquistar uma fatia superior aos atuais 6% no mercado de software e aplicações para o segmento, de acordo com o Valor Econômico.

Oi (SA:OIBR3) e BTG Pactual (SA:BPAC11) - O fundo soberano GIC/GSI, de Cingapura, vai investir R$ 2,2 bilhões para entrar na sociedade do fundo do BTG Pactual que controla 57,9% da V.tal, empresa de infraestrutura de fibra óptica onde a Oi tem 42,1% de participação, segundo o Valor Econômico.

Camil - A Camil Alimentos (SA:CAML3) celebrou o Instrumento Particular de Cessão de Marcas, Nomes de Domínio e Outros Direitos de Propriedade Intelectual com a Jacobs Douwe Egberts BR ("JDE Brasil") por meio do qual a companhia adquiriu as marcas compostas do termo "Seleto" registradas no Instituto Nacional da Propriedade Intelectual (INPI).

Segundo a nota, a operação está alinhada com a estratégia da Camil de diversificação de categorias, inaugurando sua entrada no segmento de café.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: