Menu
Busca quinta, 28 de outubro de 2021
Recuperação

Facebook (FBOK34) recupera parte das perdas de segunda causadas por pane global

Por volta das 14h30 (de Brasília), ações da empresa subiam 2,2%, enquanto BDRs avançavam 1,85%

05 outubro 2021 - 15h10Por Investing.com

Por Dhirendra Tripathi, da Investing.com – As ações do Facebook (NASDAQ:FB) eram negociadas com alta de 2,2% por volta das 14h30 (horário de Brasília), um dia após uma pane mundial de seis horas ter derrubado todos os aplicativos da empresa, causando perdas de quase 5% na ação no fechamento.

No Brasil, os BDRs da gigante das redes sociais (SA:FBOK34) subiam 1,85%.

A interrupção, a pior na história da empresa, deixou bilhões de usuários impedidos de acessar o aplicativo principal, além de Whatsapp, Instagram e Facebook Messenger. Mais tarde, Zuckerberg pediu desculpas pela pane.

Embora o Facebook tenha se mantido robusto em termos operacionais desde o início da pandemia, a empresa vem enfrentando um número crescente de dificuldades nas últimas semanas. As ações já haviam caído 3% na segunda-feira antes da pane, devido à publicidade recebida por alegações feitas por uma ex-funcionária contra a empresa, as quais inclusive serviram de base para uma série de artigos no Wall Street Journal e de um episódio do 60 Minutes, da CBS, no fim de semana. A denunciante, Frances Haugen, irá repetir as alegações perante o Congresso americano na tarde de terça-feira.

Além disso, o site Politico publicou no final de setembro que os acionistas apresentaram uma ação contra a empresa, alegando que esta pagou excessivamente uma multa da Federal Trade Commission para garantir que seu CEO e fundador, Mark Zuckerberg, evitasse responsabilização pessoal por permitir violações prévias da privacidade dos dados dos clientes por parte da empresa Cambridge Analytica.

A gigante das redes sociais disse que a interrupção de seus serviços ocorreu devido a uma mudança de configuração defeituosa nos roteadores de backbone que coordenam o tráfego da rede entre seus data centers. A interrupção do tráfego de rede teve um efeito cascata na maneira como seus data centers se comunicam, interrompendo os serviços, afirmou Santosh Janardhan, vice-presidente de infraestrutura do Facebook, em um post de blog.

A falha não se limitou ao mundo exterior. Muitas das ferramentas e sistemas internos usados pela empresa em suas operações diárias também foram afetados. Isso criou dificuldades para que seus engenheiros diagnosticassem e corrigissem o problema, disse Janardhan.

Relatos de atividade hacker mal-intencionadas que circularam na segunda-feira não foram confirmados pela empresa.

Tags: bdrs, Facebook

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: