terça, 05 de março de 2024
Criptomoedas

Avalanche e Kelexo avançam enquanto Aave enfrenta dificuldades fundamentais

Avalanche (AVAX) surpreende após a queda de 2022, ultrapassando rivais e se destacando como uma opção promissora no cenário das criptomoedas

11 fevereiro 2024 - 10h52Por Redação SpaceMoney
A Avalanche (AVAX) desafia as expectativas, superando o Dogecoin e conquistando o 9º lugar no mercado de criptomoedasA Avalanche (AVAX) desafia as expectativas, superando o Dogecoin e conquistando o 9º lugar no mercado de criptomoedas - Crédito: Kelexo

Todos sabem que os mercados de criptomoedas podem ser voláteis, mas felizmente, às vezes uma moeda brilha intensamente e os investidores sabem que é uma para seguir. Em outros momentos, os investidores sabem quando se desfazer. Aave (AAVE) luta para cumprir seu mandato, enquanto Avalanche (AVAX) está subindo rapidamente nas paradas. No mercado de pré-venda, Kelexo (KLXO) está fascinando investidores com sua interrupção no setor DeFi.

 

Aave (AAVE): lutando por relevância

Aave (AAVE) é uma anomalia. Terceira colocada nas classificações DeFi por TVL - logo atrás de Maker e Lido - com quase US$ 7,5 bilhões bloqueados. No entanto, o preço da Aave (AAVE) está lutando. Com pouco menos de US$ 90, é difícil entender que a Aave (AAVE) já disparou muito acima de US$ 600 e os investidores da Aave (AAVE) estão se perguntando por que a Aave (AAVE) tem sido negociada na faixa de US$ 100 desde maio de 2022.

Nos bastidores, a Aave (AAVE) está fazendo muito para recuperar a confiança do investidor, incluindo a integração de uma nova stablecoin do PayPal e o lançamento de uma nova plataforma de mídia social descentralizada. Mas será o suficiente para salvar o preço estagnado da Aave (AAVE)?

 

Avalanche (AVAX): derrubou o Dogecoin do seu pedestal

Avalanche (AVAX) tem enfrentado dificuldades desde o crash de 2022, mas recuperou muito terreno perdido. De maneira impressionante. Avaliada em US$ 13,6 bilhões, a Avalanche (AVAX) recentemente ultrapassou o Dogecoin nas listagens de capitalização de mercado e agora ocupa a 9ª posição. Apenas Solana e BNB tiveram retornos mais altos do que a Avalanche (AVAX) no último mês, e a Avalanche (AVAX) agora mira a Cardano.

O que está impulsionando o crescimento da Avalanche (AVAX)? Ela usa a linguagem de programação da Ethereum em uma plataforma muito mais rápida e mais barata que a Ethereum, sem mencionar suas credenciais ecológicas, o que torna a Avalanche (AVAX) uma token ética para trabalhar.

 

Kelexo (KLXO): Token de pré-venda promete lucros

A razão pela qual é um clichê é porque é verdade: compre baixo, venda alto. Comprar mais baixo não fica melhor do que nas pré-vendas e ICOs, onde os tokens estão disponíveis pelo melhor preço que provavelmente terão.

Kelexo (KLXO) é uma nova plataforma de empréstimos peer-to-peer atualmente em pré-venda e está atraindo investidores com seu caso de uso único. Kelexo (KLXO) é a primeira plataforma de empréstimos peer-to-peer do mundo, permitindo que mutuários e credores se unam de uma maneira que contorna o intermediário e não vincula ninguém aos ditames dos bancos ou fornecedores DeFi.

Isso é um grande disruptor de mercado, já que bilhões de pessoas não bancarizadas acham o acesso ao DeFi muito desafiador tecnicamente. Com o sistema Kelexo (KLXO) de mutuários e credores se encontrando e acertando seus próprios termos, o acesso ao financiamento tornou-se muito mais fácil.

Os investidores reconhecem uma boa oportunidade e é por isso que a pré-venda da Kelexo (KLXO) está se esgotando rapidamente.

 

Conclusão

É hora de se desfazer da Aave (AAVE)? Essa é uma decisão que cada investidor deve tomar por si mesmo, mas o otimismo por trás da Avalanche (AVAX) e o enorme potencial por trás da Kelexo (KLXO) são motivos suficientes para impulsionar qualquer portfólio de criptomoedas. Kelexo (KLXO) está disponível a US$ 0,048.

 

Saiba mais sobre a pré-venda da Kelexo em seu site oficial.

 

Este texto não é um conselho de investimento, é uma tentativa de manter os entusiastas de criptomoedas cientes dos desenvolvimentos recentes. Quem optar por investir em algum ativo mencionado em qualquer texto o faz por sua conta e risco.