terça, 28 de maio de 2024
SpaceNow

Ibovespa e dólar hoje: Campos Neto, varejo, arcabouço fiscal, CPMI dos atos golpistas e balanços

Confira os principais fatores que influenciam os mercados financeiros em todo o mundo nesta terça-feira (25)

25 abril 2023 - 17h26Por Redação SpaceMoney

Bem-vindo ao SpaceNow. De hora em hora, a SpaceMoney atualiza as principais notícias que impactam os mercados financeiros em todo o mundo.

Ibovespa e dólar hoje

O Ibovespa, principal índice acionário da B3, encerrou as negociações em queda de 0,70%, aos 103.220,09 pontos nesta terça-feira (25). 

O dólar comercial (compra) fechou em alta de 0,47%, a R$ 5,064.

 

Outros índices

BDRX: -1,08%

Ifix: +0,02%

SMLL: -1,36%

 

Bolsas globais 

Ásia [Encerrados]

Nikkei 225 (Japão): +0,09%

Shanghai Composite (China): -0,32%

 

Europa [Encerrados]

DAX 30 (Alemanha): +0,05%

FTSE 100 (Inglaterra): -0,27%

CAC 40 (França): -0,56%

 

EUA [Encerrados] 

Dow Jones: -1,98%

S&P 500: -1,56%

Nasdaq 100: -1,89%

 

EWZ

O iShares MSCI Brazil ETF (EWZ) encerrou em queda de 1,43%, no mercado em NY.

 

Juros futuros (DIs)

Ativo Variação (p.) Último Preço
DI1F24 -0,02

13,18

DI1F25 -0,06

11,80

DI1F26 -0,08

11,585

DI1F28

-0,10

11,92
DI1F30

-0,08

12,27
DI1F32

-0,07

12,43

[Por volta de 17:21]

 

Commodities

O petróleo WTI  fechou em queda de 2,15%, a US$ 77,07 por barril. Enquanto o petróleo tipo Brent recuou 2,37%, a US$ 80,77 por barril. 

Já o minério de ferro caiu 1,86% em Dalian, na China, ao preço de 711,00 iuanes, o equivalente a US$ 102,83 por tonelada métrica.

 

Confira aqui os principais fatores que influenciam os mercados financeiros em todo o mundo nesta terça-feira (25):

SpaceNews

 

Brasil

Balanços - Nesta terça-feira (25), o Santander (SANB11) divulga seus números financeiros referentes ao primeiro trimestre deste ano antes da abertura dos mercados. Resultados de Movida (MOVI3) e Neoenergia (NEOE3) serão reportados após o encerramento das sessões.

 

Campos Neto - O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto (RCN), comparece a sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal, em meio a pressão sobre a taxa básica de juros Selic, que atualmente está em 13,75% ao ano.

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou, nesta terça-feira (25), que não tem a “capacidade” de dizer quando a taxa de juros vai cair, mas “as coisas têm caminhado no caminho certo”.

As informações são da CNN Brasil. 

 

Juros sobre o capital próprio (JCP) - O governo avalia medidas para coibir abusos na regra de distribuição de juros sobre capital próprio, disse na segunda-feira (24) o ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Segundo ele, a equipe econômica avalia o encerramento do mecanismo.

Grandes empresas têm usado o regime para diminuírem artificialmente o lucro e pagarem menos Imposto de Renda, alegou o ministro.

 

Benefícios fiscais - O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse que quer abrir a caixa-preta das renúncias fiscais e gerar arrecadação de R$ 150 bilhões.

 

Lula em Portugal e na Espanha - No último dia da visita a Portugal, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi recebido nesta terça-feira (25) na Assembleia da República, Parlamento português, lugar em que recebeu homenagens.

Na 13ª Cimeira Brasil-Portugal, encontro que não ocorria há seis anos, Lula anunciou a instalação de um escritório da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) em Lisboa, para a estreitar a cooperação bilateral e novos negócios.  

Nessa segunda-feira (24), Lula e o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, entregaram o Prêmio Camões, o principal da literatura em língua portuguesa, ao músico, dramaturgo e escritor brasileiro Chico Buarque.

Após cerimônia na Assembleia da República, Lula e sua comitiva embarcam para Madri, capital da Espanha, último trecho da visita oficial à Europa.  

O presidente vai se reunir, ainda nesta terça-feira, com empresários brasileiros e espanhóis.

No dia seguinte, foi previsto encontro com o presidente do governo, Pedro Sánchez, no Palácio Moncloa, sede do governo espanhol. Lula vai ter ainda um almoço com o rei Felipe VI, no Palácio Real, antes de retornar ao Brasil. 

 

Arcabouço fiscal e CPMI dos atos golpistas - A possível instalação da Comissão Mista Parlamentar de Inquérito (CPMI) que busca investigar os atos golpistas de 8 de janeiro não deve interferir na tramitação do arcabouço fiscal no Congresso Nacional, disse na segunda-feira (24) o ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha (PT).

Ele reiterou que o cronograma que prevê a apresentação do relatório na Câmara dos Deputados até 10 de maio foi mantido.

 

Diretorias do BC - Alexandre Padilha também comentou sobre a indicação dos dois novos diretores do Banco Central (BC).

No fim de fevereiro, os mandatos dos diretores de Política Monetária e de Fiscalização venceram. Segundo o ministro, a definição vai sair depois do retorno do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) da viagem a Portugal e à Espanha.

 

IPC-Fipe - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,40% na terceira quadrissemana de abril, após alta de 0,36% na prévia anterior.

 

IPC-S - O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) arrefeceu a 0,43% na terceira quadrissemana de abril, após alta de 0,52% na segunda leitura do mês.

A informação foi divulgada pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Em doze meses, o indicador acumula variação positiva de 3,37%, ante 3,46% na segunda quadrissemana.

(O Estado de S.Paulo)

 

Varejo - O volume de vendas do comércio variou -0,1% em fevereiro.

Na comparação com fevereiro de 2022, houve alta de 1,0%, sétimo resultado positivo consecutivo no índice, enquanto, no indicador dos últimos doze meses, a alta foi de 1,3%.

Os dados são da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada nesta terça-feira (25) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Arrecadação federal - A União arrecadou R$ 171,05 bilhões em impostos em março de 2023, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira (25) pela Receita Federal. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, houve redução real de 0,42%, ou seja, descontada a inflação, em valores corrigidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

No acumulado do ano, a arrecadação alcançou R$ 581,79 bilhões, representando acréscimo acima da inflação de 0,72%. O valor é o maior da série para o trimestre desde 1995. 

As informações da Agência Brasil. 

 

Contas externas - As contas externas do país registraram um déficit de US$ 11,82 bilhões no primeiro trimestre deste ano, informou o Banco Central nesta terça-feira (25) - resultado negativo 40% menor que o registrado no mesmo período do ano passado — quando o déficit foi de US$ 16,56 bilhões.

 

Atos golpistas - O Supremo Tribunal Federal (STF) iniciou nesta segunda-feira (25) o julgamento de mais 200 envolvidos nos atos golpistas de 8 de janeiro. Na ocasião, vândalos depredaram as sedes do Supremo Tribunal Federal (STF), o Congresso e o Palácio do Planalto.

Primeiro a votar, o ministro Alexandre de Moraes decidiu pelo recebimento das denúncias da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra os acusados.

Em função de aposentadoria de Ricardo Lewandowski, a Corte não conta com o voto do 11° ministro. Em votação já encerrada, a Corte aceitou denúncia contra 100 investigados pela participação nos atos.

 

GSI - O ministro interino do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Ricardo Cappelli, disse na segunda-feira (24) que pretende acelerar a troca de servidores que permanecem no órgão desde o governo passado. 

Em entrevista após participar de reunião com o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), Cappelli informou que cerca de 35% dos servidores foram trocados desde o início do novo governo. 

 

Pronampe - As micro e pequenas empresas ganharam mais dois anos para pagar os empréstimos do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sancionou a Lei 14.554/2023, que amplia de quatro para seis anos o prazo de pagamento dos empréstimos do programa, criado para ajudar negócios de menor porte afetados pela pandemia de covid-19.

A lei também criou uma carência mínima de doze meses. Com a medida, a micro ou pequena empresa tem um ano para pagar a primeira parcela do empréstimo. Os juros máximos foram mantidos em 6% ao mês mais a taxa Selic (juros básicos da economia).

As novas condições não valem apenas para os futuros empréstimos.

A lei permite que os contratos assinados a partir de 2021 poderão ser renegociados pelas novas regras, mas o processo deverá seguir condições estabelecidas pelo governo federal.

 

INSS - A Previdência Social precisa de recursos para reduzir as filas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), disse nesta segunda-feira (24) o ministro da Previdência Social, Carlos Lupi (PDT).

Ele reuniu-se com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), para pedir verbas para cumprir a promessa de campanha eleitoral de acabar com as filas na concessão de aposentadorias, auxílios e pensões.

De acordo com Lupi, para zerar as filas do INSS, o governo precisa fazer uma suplementação orçamentária (remanejamento de verbas) para conceder até 900 mil benefícios a mais que o previsto e zerar a fila em 2023.

 

Covid-19: Brasil - O Ministério da Saúde anunciou na segunda-feira (24) a ampliação da campanha de vacinação contra a Covid-19 com a dose de reforço bivalente para toda população acima de dezoito anos de idade.

 

EUA

Balanços - Nos EUA, serão divulgados números financeiros do primeiro trimestre de Alphabet e Microsoft.

 

As informações são de Agência Brasil, g1 e Reuters.