terça, 28 de maio de 2024
SpaceNow

Ibovespa e dólar hoje, com Campos Neto, dados dos EUA e viagem de Lula à China no radar

Confira os principais fatores que movimentam os mercados financeiros em todo o mundo nesta quinta-feira (13)

13 abril 2023 - 17h16Por Redação SpaceMoney

Bem-vindo ao SpaceNow. De hora em hora, a SpaceMoney atualiza as principais notícias que impactam os mercados financeiros em todo o mundo.

Ibovespa e dólar hoje (13)

Nesta quinta-feira (13), o Ibovespa, principal índice acionário da B3, fechou em queda de 0,40%, aos 106.457,85 pontos. O dólar comercial (compra) encerrou em queda 0,31%, cotado a R$ 4,926.

 

Outros índices

BDRX: +1,46%

Ifix: -0,04%

SMLL: +0,20%

 

Bolsas globais 

Ásia [Encerrados]

Nikkei 225 (Japão): +0,26%

Shanghai Composite (China): -0,27%

 

Europa [Encerrados]

DAX 30 (Alemanha): +0,16%

FTSE 100 (Inglaterra): +0,24%

CAC 40 (França): +1,13%

 

EUA [Encerrados] 

Dow Jones: +1,14%

S&P 500: +1,33%

Nasdaq 100: +2,03%

 

EWZ

O iShares MSCI Brazil ETF (EWZ) encerrou em queda de 0,27% nesta quinta-feira (13), em NY. 

 

Juros futuros (DIs)

Ativo Variação (p.) Último Preço
DI1F24 +0,02

13,16

DI1F25 -0,035

11,775

DI1F26 -0,05

11,555

DI1F28

-0,12

11,825
DI1F30

-0,13

12,16
DI1F32

-0,16

12,33

[Por volta de 15:59]

 

Commodities

Petróleo - O petróleo WTI para maio recuou 1,32%, a US$ 82,16 por barril nesta quinta-feira (13). O petróleo tipo Brent para junho encerrou em queda de 1,42%, a US$ 86,09 por barril.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) mantém a previsão de alta em demanda e oferta globais neste ano, em 2,3 milhões de barris de petróleo por dia (BPD).

 

Já os contratos futuros de minério de ferro caíram 3,10% em Dalian, na China, ao preço de US$ 111,81 por tonelada métrica.

 

Confira os principais fatores que movimentam os mercados financeiros em todo o mundo nesta quinta-feira (13):

SpaceNews 

 

Brasil 

Sem indicadores econômicos relevantes, investidores monitoram a participação de Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central (BC) em eventos nos EUA.

 

Arcabouço fiscal - O secretário executivo do ministério da Fazenda, Gabriel Galípolo, disse nesta quinta-feira (13) que, quando forem apresentados os parâmetros gerais da nova regra fiscal, o governo federal deve realizar a divulgação oficial de medidas que visam o aumento das receitas.

Em entrevista à Globonews, Galípolo afirmou ainda que tais medidas deverão gerar novas projeções da Receita Federal para a arrecadação dos próximos anos.

 

Além disso, observam a comitiva do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em seu segundo dia na China.

O político discursou durante a cerimônia de posse da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) no NBD (Novo Banco de Desenvolvimento), o “banco do BRICS”, e também visitou a fábrica da gigante de tecnologia chinesa Huawei, em Xangai.

Por lá, o chefe do Executivo criticou a hegemonia do dólar norte-americano e sugeriu que a instituição presidida pela ex-presidente deve ampliar o comércio nas próprias moedas pelos integrantes do bloco econômico.

 

Jair Bolsonaro - O Ministério Público Eleitoral se manifestou a favor da inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

A manifestação do órgão ocorre em ação que apura abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação na reunião do ex-chefe do Executivo com embaixadores.

 

EUA 

Nos EUA, os investidores digerem a divulgação do PPI (sigla em inglês para Índice de Preços ao Produtor) referente ao mês de março e pedidos semanais de seguro-desemprego.

O número de novos pedidos de auxílio-desemprego foram de 239.000 na semana encerrada em 7 de abril. Na semana passada, as solicitações foram de 228.000.

Já o índice de preços ao produtor (IPP) caiu 0,5% em março na comparação com o mês anterior. O núcleo do indicador caiu 0,1% no mesmo período.

No acumulado em doze meses, o IPP variou positivamente 3,4%, exatamente em consenso com o mercado.

 

A sinalização da ata do FOMC, do Federal Reserve, de uma “leve recessão” ao fim do ano reiterou as apostas de aumento de 0,25 p.p. dos juros na próxima reunião do colegiado em maio.

Investidores, contudo, já acreditam que seja o último aperto promovido pela autoridade monetária e que as reduções começarão no segundo semestre. 

 

Ásia 

China - Na China, as exportações superaram as expectativas e marcaram um salto surpreendente em março – um crescimento de 14,8%, após uma queda de 6,8% em fevereiro.

 

Europa

Alemanha - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Alemanha ficou em 7,4% em março, na comparação anual. O indicador variou positivamente 0,8% no mês.

 

Reino Unido - O Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido ficou estável em fevereiro, ao passo que havia crescido 0,4% em janeiro. O consenso de mercado apontava um leve crescimento de 0,1%.