sábado, 04 de dezembro de 2021
SpaceDica

Veja dicas para evitar o "sufoco" financeiro em 2021

17 fevereiro 2021 - 16h46Por Redação SpaceMoney
 - Crédito: William Iven via Unsplash

A pandemia ainda não acabou e a economia dá sinais preocupantes para as finanças pessoais: segundo o boletim Focus, divulgado nesta quarta-feira (17) pelo Banco Central (BC), a expectativa para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, passou de 3,60% para 3,62%.

A previsão, no geral, é de que ainda tenhamos de enfrentar um período de números modestos e dificuldades econômicas. Portanto, é importante ter um bom planejamento financeiro em 2021 para não ter surpresas desagradáveis ao decorrer do ano.

Para ajudar você a guardar melhor o seu dinheiro – ou até mesmo ter uma folga para aplicá-lo em investimentos –, nós separamos algumas dicas simples, mas muito eficazes, para otimizar seu orçamento. Confira:

Se organize

Não seja pego de surpresa: faça um orçamento detalhado, seja no papel, em planilhas ou até mesmo em aplicativos móveis. Essa é uma ótima maneira de descobrir para onde vai todo o seu dinheiro e se programar financeiramente para o mês.

“De um lado, coloque o seu salário e os valores extras que entram na sua conta. Do outro, tudo o que sai. Só com planejamento é possível visualizar o quanto a gente pode cortar mensalmente para alcançar um objetivo”, explica Amanda Holanda Santos da Cunha, especialista em educação financeira.

Administre os gastos

Uma das principais dicas para que “sobre” dinheiro é evitar gastos supérfluos e desnecessários. Antes de comprar qualquer coisa, pondere se aquilo é realmente necessário. Faça algumas perguntas básicas a si mesmo, como se você realmente precisa desse item agora.

Outro grande inimigo são os gastos com aplicativos de delivery e transporte. Pequenos gastos podem se tornar grandes despesas no final do mês. Por exemplo, que tal trocar uma viagem por aplicativo por uma passagem de transporte público?

Fique atento também ao cartão de crédito. A opção de realizar parcelas dá a falsa sensação de que o gasto é menor, mas, de parcela em parcela, o consumidor pode acabar com uma fatura muito maior do que seu bolso pode aguentar. O recomendado é: sempre que puder, compre à vista com desconto.

Faça sua reserva de emergência

Após planejar os gastos, coloque, sempre que possível, seu dinheiro em investimentos de fácil resgate e liquidez diária. Isso servirá como uma reserva de emergência para eventuais despesas, como um desemprego ou outros eventos inesperados.

O conselho é que o dinheiro seja suficiente para, pelo menos, três meses de cobertura de despesas essenciais. Dessa forma, é possível ter um “respiro” até que a renda seja restabelecida.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content