Menu
Busca domingo, 17 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
SpaceDica

Para onde vai o dólar em 2021?

23 fevereiro 2021 - 16h03Por Redação SpaceMoney

Segundo o boletim Focus divulgado ontem (22) pelo Banco Central (BC), a expectativa para a cotação do dólar ao final de 2021 permaneceu em R$ 5,05. Para o fim de 2022, a previsão é que a moeda americana fique em R$ 5.

Essa estimativa de que a flutuação do dólar deverá ficar sob controle em 2021 traz alívio para o país. Isso porque o dólar é referência mundial entre as moedas do mundo. Todo o mercado financeiro sente a pressão — ou o alívio — causada pela variação do real ante o dólar.

Entretanto, alguns economistas têm previsões mais pessimistas, como é o caso de Alexandre Espírito Santo, economista-chefe da Órama Investimentos, que espera que a moeda norte-americana atinja um preço na faixa de R$ 5,40 a R$ 5,60. As maiores preocupações, segundo o especialista, são quanto a pandemia e a questão fiscal: se ambos tiverem conclusões negativas, o preço pode, inclusive, chegar a marca de R$ 6.

Álvaro Frasson, economista do BTG Pactual, tem uma visão mais otimista quanto ao valor do dólar ao final deste ano. Frasson acredita que o preço da moeda possa chegar a R$ 4,90. O economista faz a previsão baseado em um cenário de liquidez global permanente, que irá se manter por conta da onda democrata. Ele diz que, para que o preço chegue a esse patamar, o Brasil precisa cumprir o cronograma de vacinação, além da concretizar a agenda de reformas em 2021.

Relevância para o mercado

A importância do dólar para o mercado financeiro e internacional pode ser explicada pelo fato de que o dólar é padrão internacional de negociações, é fácil de ser trocado pela maioria das moedas nacionais e é confiável, ou seja, perde pouco valor ao longo do tempo. Além disso, o fato de os Estados Unidos serem a maior e mais sólida economia do mundo atualmente torna sua moeda igualmente forte.

O euro ou a libra, por exemplo, são moedas bem valorizadas, mas não apresentam a mesma segurança e, por isso, a maioria dos países possui suas “poupanças”, as chamadas reservas monetárias, em dólar.

*Com informações do E-Investidor

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: