quarta, 01 de dezembro de 2021
Ações em queda

Southwest Airlines (NYSE:LUV) cai com perda no 3T e diz que o 4T também será no vermelho

Companhia prevê que a capacidade do trimestre atual se mantenha abaixo dos trimestres comparáveis nos anos anteriores à pandemia

21 outubro 2021 - 17h35Por Investing.com

Por Dhirendra Tripathi, da Investing.com – As ações da Southwest Airlines (NYSE:LUV) caíam 1,9% às 16h33 (horário de Brasília) de quinta-feira (21) depois que a empresa anunciou prejuízo no terceiro trimestre, afirmando esperar que o quarto trimestre não será diferente.

Por aqui, os BDRs da companhia aérea (SA:S1OU34) tinham queda de 0,4%.

A companhia prevê que a capacidade do trimestre atual, assim como a do período de janeiro a março, se mantenha abaixo dos trimestres comparáveis nos anos anteriores à pandemia.

As operações da companhia aérea foram interrompidas por pelo menos cinco dias na segunda semana deste mês. As más condições meteorológicas, a escassez de pessoal e interrupções relacionadas com o tráfego aéreo fizeram com que ela fosse a companhia aérea mais atingida. Cerca de 2.000 voos da Southwest foram cancelados nesse período.

O impactos sobre as receitas de outubro podem chegar a US$ 75 milhões, em função dos custos operacionais e o reembolso dos clientes, afirmou a companhia aérea. Espera-se um outro impacto de US$ 40 milhões sobre as receitas do mês devido aos efeitos prolongados da pandemia.

"Nós reduzimos nossos planos de capacidade para nos ajustarmos ao atual ambiente de mão de obra", disse Gary Kelly, CEO da empresa.

Com exceção dos preços de combustíveis mais altos, os resultados gerais do quarto trimestre de 2021 apresentam uma tendência superior ao terceiro trimestre de 2021, afirmou.

A empresa está passando por aumentos de custos principalmente devido à inflação de mão de obra e custos aeroportuários, disse a empresa. O pagamento do incentivo à vacinação também está elevando os custos.

Consequentemente, estima-se que os custos globais subam entre 8% e 12% no trimestre até dezembro, em relação aos níveis do trimestre de 2019.

Excluindo itens, a perda líquida da companhia aérea com sede em Dallas diminuiu para US$ 135 milhões, contra US$ 1,17 bilhão no mesmo trimestre do ano passado. A receita operacional total de US$ 4,7 bilhões foi 161% superior à do mesmo trimestre de 2020, mas ainda é 17% inferior ao equivalente de 2019.

Excluindo itens, a American Airlines (NASDAQ:AAL) (SA:AALL34) apresentou prejuízo líquido no terceiro trimestre de US$ 641 milhões, sobre receitas operacionais no valor de US$ 8,97 bilhões.

A perda ajustada da United Airlines (NASDAQ:UAL) (SA:U1AL34) foi de US$ 329 milhões, com receita operacional total de US$ 7,75 bilhões.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content