quinta, 09 de dezembro de 2021
tecnologia

Sinqia compra Softpar por R$ 32 milhões e reforça fatia de mercado de software para bancos

21 maio 2019 - 09h31Por Angelo Pavini
A Sinqia, provedora de tecnologia para o sistema financeiro, fechou a compra da Softpar, uma das principais fornecedoras de software para bancos, financeiras e agências de fomento por R$ 32 milhões. Esta é a décima terceira aquisição da empresa, a quarta realizada nos últimos 7 meses e a segunda maior de sua história, informou a empresa. De acordo com Bernardo Gomes, Diretor Presidente da Sinqia, o principal motivo para a aquisição foi ampliar ainda mais o portfólio de produtos. Na plataforma Sinqia Bancos, a Softpar acrescenta importantes suítes para compras, contas a pagar e receber, leasing e risco, ao lado das já consagradas suítes para conta corrente, crédito e investimentos, entre outras. “Nossa oferta está agora ainda mais abrangente”, afirma.

O seu dinheiro não pode ficar nem mais um minuto sem render! Abra uma conta na Órama e comece a investir!

Além disso, a Softpar soma solução para gestão eletrônica de documentos, totalmente aderente à onda de transformação digital no sistema financeiro. “Nossos clientes que querem substituir o papel por documentação digital na nuvem demandam esse tipo de produto”, complementa. Em 2018, a Softpar apresentou receita bruta de R$ 18,2 milhões. O preço de aquisição de R$ 32,0 milhões pode ser acrescido de uma parcela de até R$ 6,0 milhões sujeita ao atingimento de uma meta de receita. A empresa conta com mais de 25 clientes e de 100 colaboradores e está localizada em Curitiba, onde a Sinqia estabelece um novo escritório. Gomes enfatiza que a aquisição da Softpar é mais um passo importante do plano de consolidação da Sinqia. “Durante os últimos 7 meses realizamos 4 aquisições, cumprindo nosso compromisso com a aceleração do crescimento”, diz. “Vamos nos dedicar às integrações para continuar a capturar sinergias e aumentar a lucratividade. Também continuaremos prospectando as próximas transações”, afirma.

Receita maior no 1º tri

A Sinqia fechou o primeiro trimestre de 2019 com receita líquida de R$ 38,5 milhões, crescimento de 18,1%. Desse aumento, R$ 3,0 milhões foram adicionados de forma orgânica e R$ 2,9 milhões de forma inorgânica, fruto das 3 últimas aquisições – ConsultBrasil (out/18), Atena (jan/19) e ADSPrev (fev/19). A receita recorrente foi recorde de R$ 32,3 milhões, aumento de 19,5%, representando 83,8% do total, maior percentual da história. O lucro bruto também alcançou o maior valor em um primeiro trimestre, R$ 12,2 milhões, apesar do aumento nos investimentos em desenvolvimento, ajustes no modelo comercial, e custos extraordinários com integração. As despesas gerais e administrativas atingiram R$ 12,1 milhões, aumento de R$ 4,4 milhões, explicado principalmente por aumento nas despesas extraordinárias com integração, com a consolidação das despesas das 3 últimas aquisições, nas despesas com M&A, e nas despesas extraordinárias com a nova marca. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Lajida ou Ebitda, indicador de geração de caixa da empresa) ajustado alcançou R$ 3,6 milhões, redução de R$ 0,9 milhão sobre o primeiro trimestre de 2018. Assim, a margem Ebitda ajustada se reduziu para 9,3% ante 13,8% no 1º trimestre de 2018. O post Sinqia compra Softpar por R$ 32 milhões e reforça fatia de mercado de software para bancos apareceu primeiro em Arena do Pavini.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content