segunda, 29 de novembro de 2021
Para ficar de olho

Resultados de J&J, Procter & Gamble e Netflix, riscos fiscais e políticos: 4 assuntos para observar

Confira quatro assuntos que podem afetar os mercados na próxima terça-feira (19)

18 outubro 2021 - 19h08Por Investing.com

Por Dhirendra Tripathi e Ana Julia Mezzadri, da Investing.com - As ações norte-americanas titubearam na segunda-feira (18) às vésperas de uma agitada semana de balanços nos EUA, incluindo anúncios da Tesla Inc (NASDAQ:TSLA) (SA:TSLA34) e da Netflix Inc (NASDAQ:NFLX) (SA:NFLX34).

Os investidores ficaram cautelosos com a desaceleração do crescimento econômico na China, a segunda maior economia do planeta, e com as preocupações quanto ao impacto do aumento das cotações do petróleo sobre os preços em geral. O Dow fechou em queda, enquanto o S&P 500 e a Nasdaq tiveram avanço.

O mercado brasileiro teve comportamento parecido, com as atenções dividas entre os balanços positivos nos EUA e os dados econômicos negativos da China, somados aos crescentes riscos políticos e fiscais domésticos. O Ibovespa fechou em queda de 0,19%.

A China registrou o mais lento ritmo de crescimento econômico em um ano durante o terceiro trimestre, impactado pela escassez de energia e pelas dificuldades do setor imobiliário.

A Apple (NASDAQ:AAPL) (SA:AAPL34) apresentava alta em antecipação a um evento de revelação de produtos, no qual ela apresentou novos laptops MacBook Pro equipados com um chip atualizado fabricado pela própria empresa.

Mas o grande evento desta semana são os resultados corporativos e as videoconferências em que os CEOs discutem como estão lidando com escassez no fornecimento e na mão-de-obra, além do aumento dos custos de materiais e seus preparativos para os próximos meses.

Os analistas esperam que os resultados do S&P 500 apresentem um aumento de 32% em relação a um ano atrás, segundo divulgou a Reuters, citando dados da Refinitiv.

Outras empresas que anunciam seus resultados esta semana incluem a fabricante de vacinas contra a Covid Johnson & Johnson (NYSE:JNJ) (SA:JNJB34), a gigante das telecomunicações Verizon Communications Inc (NYSE:VZ) (SA:VERZ34) e a fabricante de chips Intel Corporation (NASDAQ:INTC) (SA:ITLC34).

Em outras notícias do mercado de capitais nessa segunda-feira, as ações da Walt Disney Company (NYSE:DIS) (SA:DISB34) tiveram tendência de venda após analistas da Barclays rebaixarem o ativo de overweight para equal weight, citando desafios ao crescimento continuado do seu serviço de streaming Disney+, após começar o ano passado com fortíssimo crescimento. A empresa também disse que havia adiado a produção de diversos filmes.

Aqui estão quatro coisas que podem afetar os mercados amanhã:

1. Riscos fiscais e políticos

A percepção de risco em relação a temas fiscais e políticos vem crescendo no Brasil. De um lado, os debates em torno do Auxílio Brasil e a origem dos recursos que irão financiar o programa pesam sobre o âmbito fiscal. De outro, monitora-se os possíveis impactos do relatório final da CPI da Covid sobre as votações de PECs e reformas que tramitam no Congresso.

2. Johnson & Johnson

A Johnson & Johnson divulgará seus resultados do terceiro trimestre na terça-feira. Espera-se que a empresa registre um lucro por ação (LPA) de US$ 2,36, sobre receitas de US$ 23,66 bilhões, de acordo com os analistas acompanhados pelo Investing.com. Na semana passada, a empresa recebeu a autorização do painel consultivo sobre vacinas da Food and Drug Administration para uma dose de reforço da sua vacina contra a Covid-19.

3. Procter & Gamble

As receitas do primeiro trimestre da Procter & Gamble Company (NYSE:PG) (SA:PGCO34), empresa fabricante de produtos domésticos, deve alcançar US$ 19,79 bilhões, com lucro por ação de US$ 1,59. Mas os analistas estarão atentos aos comentários da empresa sobre questões de contratações e cadeia de fornecimento, especialmente com a chegada do final do ano.

4. Netflix

Estima-se que a receita do terceiro trimestre da Netflix seja de US$ 7,48 bilhões, e um lucro por ação de US$ 2,57. O sucesso da séria Round 6 da gigante do streaming pode ser um espetáculo difícil de reprisar, mas os analistas estarão atentos ao que a empresa diz sobre a sua produção de conteúdos.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content