quarta, 29 de maio de 2024
Ações recomendadas

Vale (VALE3): após prévia do 1T24, investidor pode confiar nas ações da mineradora?

A empresa registrou a produção de 70,8 milhões de toneladas métricas de minério de ferro no período

21 abril 2024 - 14h00Por Mari Galvão

A Vale (VALE3) registrou a produção de 70,8 milhões de toneladas métricas de minério de ferro no primeiro trimestre de 2024, um crescimento anual de 6% na base anual.

A companhia afirmou que o resultado se deve à melhora no desempenho operacional no Projeto Ferro Carajás S11D e à continuidade das iniciativas de confiabilidade dos ativos, além do aumento das compras de terceiros.

As vendas de minério de ferro da empresa alcançaram 63,8 milhões de toneladas métricas de janeiro a março deste ano, alta anual de 15%. A produção de pelotas atingiu 8,5 milhões, uma alta de 2% em relação ao mesmo período do ano passado. 

A Genial Investimentos acredita que o relatório de Produção e Vendas do período mostrou bons números, demonstrando aumento na grande maioria do mix de produtos.

"A grande surpresa fica com o preço realizado de pelotas, enquanto a grande decepção (dentro de nossa expectativa) vem do preço realizado do fino de minério de ferro", afirmam os analistas Igor Guedes, Lucas Bonventi e Rafael Chamadoira. 

Além disso, a casa afirmou que, com grandes incertezas sobre o cenário macroeconômico que envolve diretamente a precificação da companhia (China e curva do minério de ferro), muitas dúvidas devem surgir quanto ao preço realizado do fino de minério de ferro daqui para frente.

"Que a desconfiança em demanda chinesa por minério existe, todos já sabem, porém, presenciar a Vale, mais uma vez, registrando um prêmio negativo, desta vez de -US$1,6/t, ampliando o deságio, é mais banho de água fria par ao investidor", explica a equipe. 

A Genial tem recomendação de compra para os papéis #VALE3, com preço-alvo de R$ 72,30, uma potencial alta de 15%, se considerado o preço atual. 

 

 

 

Tags: Vale, Vale3