terça, 30 de novembro de 2021
Recomendação Equalweight

Morgan Stanley eleva Gerdau para Compra; vê demanda sólida por aço em 2021

15 dezembro 2020 - 16h22Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - Os analistas do Morgan Stanley (NYSE:MS) elevaram a recomendação da Gerdau (SA:GGBR4) para Overweight, o equivalente a Compra, por conta da recente performance inferior a pares como a Usiminas (SA:USIM5), negociando a múltiplos abaixo do nível histórico e 14% menores que o preço-alvo do banco, de R$ 26.

Em relatório publicado nesta terça-feira (15), os analistas apontam que a sólida demanda por aço no Brasil deve continuar em 2021 por conta da reestocagem de consumidores finais e das taxas de juros baixas e que a alta de 10% nos preços anunciada recentemente apoia o momentum.

O banco manteve, no entanto, a recomendação Equalweight, o equivalente a Neutra, para a Usiminas por ver pouco espaço para altas em relação ao novo preço-alvo de R$ 13,80, atualizado de R$ 11,40.

Para o curto prazo, os analistas veem a reestocagem como ainda estando no patamar inicial e que a parte final dos benefícios fiscais do governo deve ainda impulsionar a demanda por aço no curto prazo. A rápida volta do consumo pegou de surpresa os produtores de aço nacionais, que chegaram a paralisar 15% da capacidade de produção entre abril e maio, escrevem, o que desestabilizou temporariamente o mercado.

Em outubro, os estoques de distribuidores brasileiros de aço caíram para 1,8 mês, contra média histórica de 3,1 meses, informa o banco, enquanto os estoques do setor imobiliário de São Paulo caíram de 9,1 meses na média para 8,1 meses, e o de montadoras foi de 35 dias para 18 dias.

Os analistas destacam que com a alta da demanda, o maior preço no exterior e a fraqueza do real, os preços do aço, no cenário mais positivo, poderia subir de 60% a 70% no ano em 2021.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content