Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Ações recomendadas

Grupo Soma registra venda histórica no 4T; XP reitera ação como favorita no setor

Segundo o grupo, a companhia entregou um recorde de vendas histórico de R$ 555,4 milhões no quarto trimestre, alta de 23,4% na base anual

19 março 2021 - 10h30Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - As ações do Grupo Soma subiam 1,02% nesta sexta-feira (19) após a companhia registrar lucro líquido de R$ 39,9 milhões no quarto trimestre, com crescimento de 3,1% na base anual.

Perto das 10h20, os papéis da companhia eram negociados a R$ 13,87, com queda acumulada de 5,39% nos últimos trinta dias e alta de 40,10% desde a oferta pública inicial, em julho de 2020.

Segundo o grupo, a companhia entregou um recorde de vendas histórico de R$ 555,4 milhões no quarto trimestre, alta de 23,4% na base anual.

As vendas mesmas-lojas tiveram crescimento de 7,6% no trimestre, mesmo com lojas fechadas em São Paulo, Belo Horizonte e Manaus em dezembro.

Já o crescimento do e-commerce se manteve em patamares elevados, atingindo R$ 209,3 milhões no quarto trimestre, alta de 152% na base anual. O faturamento via omnichannel cresceu 199,6% no período, somando R$ 82,4 milhões, com novos produtos digitais e uma alta de 96,5% na base de clientes do e-commerce.

Segundo a empresa, a base online já representa 62,5% da base ativa total.

A companhia apresentou ainda EBITDA de R$ 67,9 milhões para o quarto trimestre, alta de 9,2% em relação ao mesmo período de 2020, com margem de 14,3%. Segundo a empresa, o resultado foi fruto de maior giro a preço cheio nas coleções novas e reduções dos níveis de descontos das coleções anteriores.

Além do resultado, a companhia também publicou fato relevante anunciando a criação do Soma Ventures, um braço de corporate venture do grupo.

O que dizem os analistas

Para os analistas da XP Investimentos, o Grupo Soma reportou sólidos resultados, com a receita acima das estimativas devido ao crescimento de vendas mesmas lojas na base anual.

Em relatório desta sexta-feira (18), eles destacaram a forte performance e perspectiva da FARM global, o lançamento do app da marca Animale, com um aumento de 35% na frequência de compra, e um crescimento de vendas de live commerce.

Eles também elogiaram a iniciativa da corporate venture, que deve mirar marcas menores sem tirar o foco do grupo do core business, abrindo “uma nova avenida de crescimento, sem grande comprometimento de caixa inicialmente, mas participando e acelerando o desenvolvimento dessas marcas”.

Para a casa de investimentos, o momento de curto prazo deve seguir difícil, devido às incertezas em relação à velocidade da campanha de vacinação combinado com o aumento recente de casos da Covid-19 e seu impacto na confiança do consumidor.

Ainda assim, escrevem que o Grupo Soma tem história “muito sólida”, com diversas opcionalidades de geração de valor, e com expectativa de mais anúncios de fusões e aquisições no curto prazo.

Eles também apontam que o setor de vestuário deve ser um dos principais beneficiários da recuperação econômica e da retomada da normalidade.

Assim, reiteram a recomendação de compra e a preferência pela a empresa no setor, com preço-alvo de R$ 17 no fim de 2021.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: