sábado, 04 de dezembro de 2021
Recomendações

Cyrela, Lavvi têm perspectivas de crescimento, dividendos em 2021, dizem analistas

21 janeiro 2021 - 17h50Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - Os analistas do BTG Pactual (SA:BPAC11) e da Safra Corretora avaliam boas perspectivas para a Cyrela (SA:CYRE3) e a subsidiária Lavvi (SA:LAVV3) após as apresentações das prévias operacionais do quarto trimestre, mostraram relatórios publicados nesta quarta-feira (20).

Segundo o BTG Pactual, que conversou com executivos da Cyrela na véspera, a companhia permanece otimista sobre o setor imobiliário e deve pagar dividendos "suculentos" este ano por conta do forte lucro operacional de 2020.

Para os analistas, o atual cenário de juros baixos pode impulsionar volumes de vendas e elevar os preços dos imóveis, sendo que a Cyrela está estrategicamente posicionada para surfar nesta tendência por conta do banco de terrenos, forte crescimento e múltiplos atrativos de 2 vezes o preço sobre o valor geral de vendas bruto, ou VGV, potencial.

O banco de investimentos reiterou a recomendação de Compra para o papel, mas disse estar planejando revisar em breve o modelo e o preço-alvo, que agora está em R$ 27.

Resultados da Lavvi

Já os analistas da Safra Corretora escrevem que a Lavvi, subsidiária da Cyrela, mostrou forte desempenho operacional no quarto trimestre, com números recordes de lançamentos e vendas, o que corrobora as perspectivas positivas da corretora para os resultados da empresa no futuro próximo.

Eles também apontaram que o aumento do estoque de terrenos amenizou as principais preocupações em relação à capacidade de entregar o agressivo plano de expansão da construtora.

Com isso, os analistas definiram a Lavvi como a nova escolha principal entre as construtoras residenciais de média e alta renda, citando que a estratégia de trabalhar com um estoque de terrenos mais enxuto quando comparado à média parece agregar valor à medida que reduz as despesas comerciais e evita reavaliações de estoque, sujeitas à volatilidade do mercado.

A corretora tem recomendação de Compra, com preço-alvo de R$ 15,70 para o papel.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content