sábado, 27 de novembro de 2021
Recomendação

BTG corta preço-alvo da Wiz, mas ainda vê upside potencial de 42%

O banco manteve a recomendação Neutra para os papéis da empresa

14 abril 2021 - 14h47Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - Os analistas do BTG Pactual (SA:BPAC11) cortaram o preço-alvo da Wiz (SA:WIZS3) de R$ 14 para R$ 12,50, mantendo a recomendação Neutra, apesar de verem potencial alta de até 45% das ações.

Segundo o banco de investimentos, em relatório publicado nesta quarta-feira (14), o contrato de transição com a Caixa e o intenso corte de custos devem garantir fortes lucros para a companhia ao longo de 2021.

Para 2022, eles veem alguns riscos, mas reiteram que a Wiz tem sido rápida em diversificar o portfólio, com novos negócios tomando tração.

Os analistas veem um pagamento de dividendos de 8% este ano, o que, junto à fatia de 40% da companhia na Inter Seguros, deve garantir um bom piso de entrada para a ação.

Eles apontam que os seguros bancários devem continuar contribuindo com receitas para a companhia, uma vez que a Wiz ainda receberá comissões de corretagem sobre as apólices de seguros comercializadas na Caixa até ao vencimento das mesmas.

Em fevereiro deste ano, a Wiz relatou não ter se consagrado vencedora nos blocos de oferta do processo competitivo promovido pela Caixa Seguridade para oportunidades de negócios de co-corretagem nas linhas de saúde, grandes riscos, auto e recuperação em produtos de seguridade.

A comercialização de seguros na Caixa representou 44,5% da receita bruta consolidada da corretora em 9 meses do ano de 2020. Essas receitas deixarão de ser recorrentes.

Perto das 14h46, os papéis da Wiz caíam 2,32%, a R$ 8,41. A ação acumula alta de 28% nos últimos trinta dias e queda de 8,8% nas últimas 52 semanas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content