Menu
Busca terça, 19 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Recomendações

BTG avalia Investor Day da Cogna como 'frustrante' e mantém recomendação Neutra

15 dezembro 2020 - 12h33Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - As apresentações do Investor Day da Cogna não trouxeram nenhuma novidade impactante para as ações no curto prazo e foram “frustrantes” por não explicarem como a companhia pretende impulsionar a desalavancagem, disseram analistas do BTG Pactual (SA:BPAC11) em relatório nesta segunda-feira (14).

Segundo o banco de investimentos, a dívida líquida da Cogna deve chegar no quarto trimestre a quase três vezes o Ebitda ajustado dos últimos doze meses.

Os analistas se disseram positivamente surpresos com a implementação das mudanças prometidas para a subsidiária Kroton (SA:COGN3), com o objetivo de promover o crescimento do Ebitda e do fluxo de caixa do campus da faculdade a partir do próximo ano. A prioridade, apontam, serão cursos de ticket médio mais caro, como Medicina, Direito e Engenharias, melhora da infraestrutura, expansão da oferta de cursos online e melhora da experiência do cliente/aluno.

Ainda assim, o BTG se mostrou “preocupado” com o fato de que os resultados de curto prazo da empresa continuam pressionadas, apesar do novo projeto estar totalmente implementado.

Eles mantiveram a recomendação Neutra, com preço-alvo de R$ 5,40, citando que a queda das ações desta segunda-feira, de 5%, refletiu a frustração dos investidores com os anúncios, que esperavam mais informações sobre os planos de venda de ativos.

Os analistas apontam que o cenário para o ensino superior continua desafiador, dada a alavancagem operacional negativa do campus da Kroton, que combinada com alta alavancagem financeira da empresa, bem acima dos pares, deve impedir geração de fluxo de caixa positivo para o patrimônio líquido no curto prazo.

Nesta terça-feira (15), as ações da Cogna caíam 3,19%, a R$ 4,85, com volume de negociação de R$ 243,3 milhões. Os papéis acumulam alta de 1,68% no mês e queda de 60% no ano.

Market place

A Cogna prepara o lançamento de um marketplace de educação voltado para jovens e adultos que vai integrar produtos próprios com outros oferecidos por terceiros, na expectativa de preservar seus negócios em meio à crise gerada pela pandemia.

"A plataforma (de marketplace) pode ser no médio e longo prazos transformadora para nossa organização", disse nesta segunda-feira o presidente-executivo da Cogna, Rodrigo Galindo em apresentação online sem mencionar o cronograma de lançamento.

Segundo ele, o marketplace vai permitir expandir o mercado da Cogna no Brasil dos atuais 56 bilhões de reais para 121 bilhões em 2025.

O marketplace oferecerá produtos como cursos de ensino superior, livres, técnicos e de idiomas, além de serviços como orientação vocacional e até financeiros, disse o executivo. Ele disse que o marketplace já tem 16 vendedores parceiros incluindo nomes como Saraiva (SA:SLED4) Jur, Cursos Livres e Consultoria da Educação.

Com informações da Reuters

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: