terça, 05 de julho de 2022
[OGF - VIP - SPACENOW DESKTOP - TESTE A/B - 22-6-2-22]
Recomendações

AES (AESB3), Copel (CPLE6) ou Engie (EGIE3): XP diz quem desponta como melhor pagadora de dividendos

Herbert Suede e Maíra Maldonado, analistas da XP, elaboraram um ranking das ações do setor elétrico e de saneamento básico com melhores perspectivas de retorno

12 abril 2022 - 09h24Por Redação SpaceMoney
IPE - NECTON - BILBOARD TOPO 2 - ÚLTIMAS NOTÍCIAS E DEMAIS]

Em relatório publicado na segunda-feira (11), a XP analisou companhias do setor elétrico e de saneamento básico pela ótica de distribuição de dividendos, regularidade na distribuição, saúde financeira e perspectivas de distribuição futuras.

Herbert Suede e Maíra Maldonado, analistas da XP, elaboraram um ranking das ações do setor com melhores perspectivas de retorno.

O pódio das principais pagadoras de dividendos foi composto por Copel (CPLE6), Engie (EGIE3) e AES (AESB3), respectivamente, a partir dos seguintes critérios estabelecidos:

[NECTON IPE -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]
  • (i) consistência histórica de payout em relação a sua própria política;
  • (ii) baixa alavancagem;
  • (iii) dividend yield interessante do ponto de vista de retorno e
  • (iv) elevado retorno total e perspectivas de valorização. 

Copel ganha a medalha de ouro

Durante o ano de 2021, a Copel fez avanços significativos em sua política de remuneração através da aplicação de métricas de performance; governança e maior foco no seu core ao desinvestir da Copel Telecom.

Aliado a isso, a companhia possui uma clara política de distribuição de lucros que tem sido consistentemente aplicada.

A XP possui uma visão positiva tanto do ponto de vista de valorização das ações como de distribuição de proventos.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

Engie recebe medalha de prata

A Engie se prova diversificada em termos de receitas e atua nos segmentos de geração, transmissão e transporte de gás. Seus contratos são razoavelmente regulados e previsíveis.

Sua política de dividendos estabelece uma distribuição de 30% do lucro líquido semestralmente - historicamente ultrapassado.

A XP enxerga um retorno atrativo tanto para a valorização da ação quanto para o pagamento de dividendos.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

AES Brasil ficou com a medalha de bronze

A AES Brasil usualmente apresenta lucros consistentes, embora possa haver um certo grau de volatilidade a depender da incidência de chuvas.

2021 foi um ano desafiador se considerado o cenário hidrológico, mas a XP acredita que o avanço físico das obras e a consequente geração de caixa levará a uma menor alavancagem e maior potencial de pagamento de dividendos.

Veja detalhes:

Clique na imagem para visualizar melhor as informações.

 

 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content