quarta, 06 de julho de 2022
[OGF - VIP - SPACENOW DESKTOP - TESTE A/B - 22-6-2-22]
Recomendações

Ações e BDRs de Nubank (NUBR33) despencam mais de 14%, mas BTG anuncia volta a posição neutra

Banco fala em dar o benefício da dúvida após números "impressionante em praticamente todas as partes" referentes ao período entre janeiro e março deste ano

20 maio 2022 - 16h32Por Redação SpaceMoney
IPE - NECTON - BILBOARD TOPO 2 - ÚLTIMAS NOTÍCIAS E DEMAIS]
Bandeira do Nubank estendida na fachada da Bolsa de Nova YorkBandeira do Nubank estendida na fachada da Bolsa de Nova York - Crédito: Reprodução: Blog Nubank

Às 16:08, os BDRs de Nubank (NUBR33), negociados na B3 (B3SA3), despencavam 14,33%, ao preço de R$ 2,99 cada, enquanto as ações negociadas em Nova York (NYSE:NU) desabavam 14,90%, a US$ 3,68.

Mas o BTG Pactual (BPAC11) avalia que a empresa já foi penalizada o suficiente, especialmente após divulgar números "impressionante em praticamente todas as partes" referentes ao período entre janeiro e março deste ano.

Analistas do banco de investimentos chamram a fintech de uma "uma máquina de crescimento".

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

Conforme sinalizado muitas vezes antes, o BTG se reforça como um grande fã da história da empresa e acredita que o Nubank está muito bem posicionado para possivelmente se tornar uma líder fintech da América Latina num prazo de 5 a 10 anos.

Mas a avaliação parecia muito “errada” para o BTG, particularmente em um ambiente onde veem sinais crescentes de qualidade de ativos em deterioração. E como o Nubank se parece muito mais com um banco do que com uma empresa de software, rebaixaram a recomendação para venda em 10 de fevereiro.

Desde então, a ação caiu (-58%!).

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

Com a volta a posição neutra, o BTG sinaliza que o Nubank precisa melhorar seus termos de inadimplência, com o devido destaque ao crescimento de 44% na linha de créditos pessoais.

"Nunca vimos ninguém no setor financeiro brasileiro crescendo em um ritmo tão rápido em empréstimos sem garantia sem enfrentar problemas pela frente. Naturalmente, em um ambiente de inflação e juros mais altos, potencial recessão nos Estados Unidos e eleições presidenciais no Brasil, os investidores (e nós mesmos) estão preocupados com as inadimplências", afirmaram.

"No geral, ainda vemos uma má assimetria na ação. Mas após a forte correção, explicações da administração sobre a dinâmica recente, números muito bons do primeiro trimestre (e expectativa de resultados melhores nos próximos trimestres), estamos dando ao Nubank o benefício da dúvida", concluíram.

[NECTON IPE -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

O BTG volta à recomendação neutra para as ações de Nubank negociadas em Nova York, com preço-alvo de US$ 4,00.

 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content