segunda, 29 de novembro de 2021
raia drograsil

Raia Drogasil: XP prevê queda de 6% da ação em 2020 e dá recomendação neutra 

02 março 2020 - 14h40Por Redação Space Money
Em relatório publicado nesta segunda-feira (02), a XP Investimentos dá recomendação “neutra” para as ações da Raia Drogasil, maior varejista do setor farmacêutico nacional. O preço-alvo ao final de 2020 é cotado a R$ 112/ação e é calculado potencial de queda de 6% no ano, com base no fechamento do mercado na última sexta-feira (28).  A corretora acredita que parte do crescimento esperado para os próximos anos já está precificado nos papéis e se dizem  “cautelosos” sobre os efeitos do coronavírus na cadeia abastecimento de remédios e equipamentos.  Até 2023, a RD pretende acrescentar 880 lojas a sua rede, que já ultrapassa a marca de 2 mil farmácias. Segundo a XP, esse investimento permitirá “crescimento médio anual de 16% nas vendas, de 22% no EBITDA e de 29% no lucro líquido”. Apesar disso, a análise da corretora sustenta que o índice preço sobre lucro (P/L) da companhia, de 46x P/L para 2021, está muito acima da média do setor, de 25x, o que indica que parte do crescimento previsto já está incorporado no preço atual. A XP também ressalta as incertezas sobre os impactos do coronavírus para varejistas do ramo farmacêutico. No curto prazo, a venda de máscaras e álcool em gel deve aumentar significativamente, porém há “preocupações em relação às potenciais implicações do vírus na cadeia de abastecimento da indústria farmacêutica”. Parte da matéria-prima de medicamentos fabricados no Brasil vem de países asiáticos, como China e  Coreia do Sul, e há risco de falta desses produtos.  O relatório também prevê diminuição na venda de artigos de perfumaria e beleza à medida que “consumidores direcionem uma proporção maior da sua renda para o consumo básico”. Produtos do gênero representam cerca de 25% das vendas da RD.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content