Menu
Busca quarta, 27 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
finançaspessoais

Presidente do Bradesco diz que manteve juros em renegociações

16 abril 2020 - 18h02Por Redação SpaceMoney

Em entrevista transmitida online na tarde desta quinta-feira (16) pela Ágora Investimentos, o presidente do Bradesco, Octavio de Lazari Jr., comentou sobre os impactos econômicos do novo coronavírus e falou sobre os papéis dos bancos neste momento de crise. Segundo o executivo, o Bradesco aprovou 92% dos pedidos que recebeu, até o momento, para a prorrogação de pagamento de dívidas, o que teria permitido a manutenção dos pagamentos de 8 mil empresas a cerca de 1,4 milhão de funcionário. "E é bom deixar claro que os juros dos contratos não subiram com essa prorrogação, apenas as parcelas vão subir um pouco de valor por causa do aumento do prazo", disse o executivo. "Não estamos cobrando nada por essa operação, os custos operacionais foram todos por nossa conta". Lazari Jr. também falou que é difícil estimar a extensão dos efeitos do novo coronavírus na economia, "mas certamente teremos impactos importantes no PIB". "Meu número é próximo de 4% [de queda no PIB em 2020], mas é mais um achismo no momento", disse. O executivo chamou a atenção para a necessidade de se respeitarem os contratos neste momento de crise. "Quem puder pagar suas contas, seu aluguel, deve pagar, para a economia voltar a girar. Temos de deixar de ser mesquinhos e pensar na comunidade, para minorar os impactos na economia dessa pandemia", explicou Lazari Jr.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: