Menu
Busca domingo, 24 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Petrobras Total

Petrobras tem ganhos após assumir fatia da Total em campos na Foz do Amazonas

28 setembro 2020 - 12h04Por Investing.com

Por Gabriel Codas, da Investing.com - Em dia de bom humor nos mercados, as ações da Petrobras (SA:PETR4) operam com alta na bolsa paulista, acima dos ganhos do Ibovespa. O mercado também recebe bem a notícia de que a petroleira francesa Total fechou acordo para transferir sua participação em cinco blocos exploratórios na ambientalmente sensível Foz do Amazonas, para a estatal.

Sendo assim, por volta das 11h45, os papéis preferenciais têm ganhos de 0,70% a R$ 20,27.

A alta do preço do petróleo contribuía com o otimismo do investidor com a estatal. O contrato futuro do petróleo Brent, negociado em Londres e referência de preço para a Petrobras, subia 0,05% a US$ 42,43 o barril, revertendo a queda do início do dia.

Campos de petróleo

Os ativos foram arrematados em um leilão realizado em maio de 2013 por consórcio liderado pela Total e que ainda inclui a britânica BP, mas as empresas não conseguiram avançar até o momento com as atividades de exploração.

O Ibama rejeitou pela quarta vez em 2018 um pedido da Total por licença ambiental para perfuração na bacia, que fica a 120 quilômetros da costa do Brasil.

A Petrobras disse em comunicado que entrou em acordo com a Total para assumir "a operação e a integralidade das participações" da empresa nos blocos, que ficam a 120 quilômetros da costa do Amapá, em águas ultraprofundas.

"A Petrobras poderá aumentar sua participação de 30% para pelo menos 50%, podendo chegar a 70%, caso a BP não manifeste interesse em incrementar a sua participação", afirmou.

A estatal disse ainda que a concretização da negociação fica sujeita a aprovação de órgãos reguladores.

Geólogos afirmam que a área pode conter até 14 bilhões de barris de petróleo, mais que as reservas provadas do Golfo do México.

Segundo a Petrobras, a área é uma "fronteira exploratória de alto potencial".

Pré-pagamento em linhas de crédito compromissadas

A Petrobras (SA:PETR4) informou que realizou pré-pagamento do total do saldo devedor remanescente de suas linhas de crédito compromissadas (revolving credit lines) denominadas em dólares, no valor de 2 bilhões de dólares.

Com o pré-pagamento, a companhia dispõe atualmente de um total de 7,6 bilhões de dólares para novos saques nas linhas compromissadas na moeda norte-americana e 4 bilhões de reais nas linhas na moeda local, acrescentou a empresa, em comunicado ao mercado nesta segunda-feira.

"A operação permitirá maior eficiência na gestão do caixa, em linha com a estratégia de otimização do capital da companhia", afirmou a estatal.

(Com Reuters)

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: