Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
finançaspessoais

Patrimônio dos fundos de investimento encolhe R$ 29 bi

07 abril 2020 - 17h34Por Redação SpaceMoney

Em março de 2020, os fundos de investimento no Brasil registraram queda de R$ 28,8 bilhões (-5,16%) no valor do seu patrimônio líquido, indicador que fechou o mês com R$ 4,72 trilhões. No ano, a captação líquida da indústria ainda é positiva em R$ 27,3 bilhões. As informações são da plataforma de análise Economatica. Veja, abaixo, a evolução de cada tipo de fundo de investimento:

Fundos de ações

O patrimônio dos fundos de ações registrou queda de 27,06% em março, sendo que os de ações small caps tiveram o maior recuo, com -40,58%. Os fundos fechados de ações tiveram a menor queda, com -18,95%. Em termos de captação líquida, porém, os fundos de ações tiveram um mês positivo, com saldo de R$ 9,5 bilhões e maior volume direcionado aos de ações livre, com R$ 5,1 bilhões.

Fundos multimercados

Os fundos multimercados registraram, em março, queda do patrimônio de 3.04%, fechando o mês com R$ 1,28 trilhão. Os fundos Multimercados L/S – Direcional foram os que apresentaram a maior perda de patrimônio, com queda de -15,09%. A captação líquida da categoria foi R$ 1,2 bilhão, sendo que o maior volume foi captado pelos fundos de investimento no exterior, com R$ 6,6 bilhões.

Fundos de renda fixa

Em março, os fundos de renda fixa registraram queda de patrimônio líquido de 2,44%, fechando o mês com R$ 2,1 trilhões. Os fundos Renda Fixa Dívida Externa tiveram o maior crescimento de patrimônio, com 40,38%, seguido pelos fundos Renda Fixa Duração Baixa Soberano, com 10,61%. Em contrapartida, os fundos Renda Fixa Duração Média Grau de Invest. registraram o maior recuo, com queda de 9,84%. A captação líquida dos fundos de renda fixa em março foi negativa em R$ 42,6 bilhões, sendo que os fundos Renda Fixa Duração Baixa Grau de Invest. concentraram a maior queda, de R$ 46,2 bilhões.

Fundos de previdência

Os fundos de previdência registraram queda de 2,46% do patrimônio em março, além de captação líquida negativa de R$ 3,0 bilhões, em março. Os fundos de Previdência RF Duração Baixa Soberano tiveram a maior captação líquida, com R$ 10,4 bilhões, enquanto os fundos Previdência RF Indexados apresentaram queda de R$ 8,0 bilhões.

Fundos de ETF´s e Cambial

Em março, os fundos cambiais tiveram crescimento de patrimônio de 33,18%. A mediana da rentabilidade foi de 15,25% e a captação líquida positiva, de R$ 788 milhões. Na contramão, os fundos de ETF´s apresentaram queda de 7,85%, porém com com captação líquida positiva em R$ 5,2 bilhões.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: