terça, 30 de novembro de 2021
Avanço dos minérios

Ouro tem maior alta em uma semana, mas é superado pelo rali de dois dias da prata

Contrato mais ativo dos futuros de ouro dos EUA fechou com alta de 0,8%

20 outubro 2021 - 18h27Por Investing.com

Por Barani Krishnan, da Investing.com - Os preços do ouro subiram pelo segundo dia consecutivo na esteira de um dólar mais fraco, mas os ganhos do metal dourado foram superados pelos da prata, que registrou seu maior avanço em dois dias desde julho de 2021.

Muitas vezes chamada de "prima pobre do ouro", a prata tem usos industriais bem mais diversos que as aplicações mais ornamentais ou de proteção financeira do ouro. A prata teve seu próprio avanço nesta semana na sequência da demanda de circuitos eletrônicos e das aplicações de "energia verde".

O contrato mais ativo dos futuros de ouro dos EUA, para dezembro, fechou a US$ 1.784,90 por onça na Comex de Nova York, alta de US$ 14,40, ou 0,8%. No pregão anterior, ele havia subido 0,3%, representando um avanço total de 1,1% desde o fechamento de segunda-feira e o maior ganho em dois dias numa semana.

Os futuros de prata de dezembro na Comex, no entanto, subiram 5,1% no mesmo período, registrando alta de US$ 0,562 e US$ 0,519, respectivamente, na quarta e na terça-feira, com um último fechamento a US$ 24,45.

"A prata está chamando a atenção da turma da energia verde, por seu uso na produção de painéis solares", afirmou o analista Adam Button, numa publicação no ForexLive.

Mas a prata também precisa registrar um retrocesso significativo em relação à mínima de US$ 21,60 registadas o terceiro trimestre de 2020, disse Button. "O intervalo de longo prazo ainda não foi concluído. Ela terá de ultrapassar os US$ 25 para conseguir um impulso real".

A recuperação do ouro ocorreu após o Índice do dólar, indexado em relação a seis grandes moedas, lideradas pelo euro, ter diminuído um total de 0,4% em dois dias.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content