segunda, 29 de novembro de 2021
Balanços terceiro trimestre

Oi, B3, elétricas reportam balanços pós-mercado; Cogna divulga antes da abertura

12 novembro 2020 - 16h30Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlalg, da Investing.com - A temporada de balanços do terceiro trimestre se aproxima do fim e, nesta quinta-feira (12), após o fechamento do mercado, mais 35 empresas reportam os respectivos resultados, enquanto Ser Educacional (SA:SEER3) e Cogna (SA:COGN3) divulgam amanhã, antes da abertura.

Hoje, os investidores ficarão atentos aos relatórios de Cyrela, Even, Arezzo, C&A, Light, Sabesp, B3, BR Malls, Centauro, Copel, Energisa (SA:ENGI4), Eztec, Natura, Randon, Sul América, Vivara, Oi, Trisul (SA:TRIS3), Eneva (SA:ENEV3), Mills (SA:MILS3), Rodobens (SA:RDNI3), CSU Cardsystem (SA:CARD3), Terra Santa (SA:TESA3), Comgás (SA:CGAS5), Unicasa (SA:UCAS3), Biosev (SA:BSEV3), Springs (SA:SGPS3), Taurus (SA:TASA4), Ferbasa (SA:FESA4), Moura Dubeux (SA:MDNE3), Banco Indusval (SA:IDVL4) e Plano & Plano (SA:PLPL3).

Por volta das 15h42, quando o Ibovespa caía 2,08%, a 102.631 pontos, os destaques de queda em porcentagem entre essas empresas ficavam com C&A, com recuo 6,20%, a R$ 12,85, Cyrela (-4,59%), R$ 24,92, Ser Educacional (-4,58%), a R$ 13,13, Light (-3,29%), a R$ 21,77, B3 (-3,43%), a R$ 53,50, Sabesp (-2,91%), a R$ 45,04, e Cogna (-1,91%), a R$ 4,61.

Confira as projeções do mercado para algumas dessas empresas:

Ser Educacional

O BTG Pactual (SA:BPAC11), que tem recomendação neutra para a Ser Educacional, projeta receita líquida de R$ 332 milhões, Ebitda de R$ 82 milhões e lucro líquido de R$ 21 milhões para a companhia.

Já o consenso colhido entre analistas pelo banco de investimentos espera receita líquida similar, de R$ 325 milhões, Ebitda de R$ 81 milhões e lucro líquido de R$ 41 milhões.

Cogna

Para a Cogna, o BTG Pactual, que também tem recomendação neutra para o papel, projeta receita líquida de R$ 1,33 bilhão, Ebitda de R$ 211 milhões e prejuízo líquido de R$ 98 milhões.

O consenso de mercado do banco vê a receita líquida no mesmo patamar, com Ebitda de R$ 298 milhões e prejuízo líquido de R$ 37 milhões.

Cyrela Brazil (SA:CYRE3)

O BTG Pactual, que tem recomendação de compra para as ações ordinárias da Cyrela, projeta receita líquida de R$ 1,22 bilhão para a empresa, com Ebitda de R$ 209 milhões e lucro líquido de R$ 154 milhões.

Já o consenso recolhido pelo banco vê os números em R$ 621 milhões, R$ 30 milhões e R$ 29 milhões, respectivamente.

Even (SA:EVEN3)

O BTG Pactual espera receita líquida de R$ 497 milhões, Ebitda de R$ 84 milhões e lucro líquido de R$ 38 milhões, contra projeção do consenso de analistas de R$ 301 milhões, R$ 12 milhões e R$ 6 milhões, respectivamente.

Arezzo (SA:ARZZ3)

O BTG Pactual tem recomendação de compra para a Arezzo, com projeção de R$ 418 milhões, Ebitda de R$ 64 milhões e lucro líquido de R$ 27 milhões. Já o consenso de mercado colhido pelo banco espera receita líquida de R$ 183 milhões e prejuízo líquido de R$ 21 milhões.

C&A (SA:CEAB3)

O BTG Pactual espera receita líquida de R$ 1,09 bilhão, Ebitda negativo de R$ 2 milhões e prejuízo líquido de R$ 79 milhões para a C&A. Já o consenso de analistas do banco de investimentos tem projeção de receita líquida de R$ 313 milhões, Ebitda negativo de R$ 153 milhões e prejuízo líquido de R$ 185 milhões.

Já a XP Investimentos estima uma melhora de resultado sequencial uma vez que todas as lojas já foram reabertas, embora ainda com algumas restrições de funcionamento. “Dessa forma, estimamos uma queda de vendas de 12,5% na comparação anual, no conceito mesmas lojas, enquanto esperamos que a performance do e-commerce siga forte, com alta de 353% no ano

Para os analistas da corretora, a receita líquida deve ser de R$ 247 milhões, com Ebitda de R$ 58 milhões e lucro líquido de R$ 13 milhões.

Light (SA:LIGT3)

O BTG Pactual tem consenso de R$ 2,24 bilhões para a receita líquida da Light, com Ebitda de R$ 395 milhões e lucro líquido de R$ 123 milhões. O banco de investimentos tem recomendação neutra para o papel.

Já os analistas consultados pela instituição esperam receita líquida de R$ 2,8 bilhões, Ebitda de R$ 337 milhões e lucro líquido de R$ 58 milhões.

Sabesp (SA:SBSP3)

O BTG Pactual espera receita líquida de R$ 3,31 bilhões para a Sabesp, com Ebitda de R$ 1,5 bilhão e lucro líquido de R$ 432 milhões, contra consenso dos analistas colhido pelo banco de investimentos de R$ 3,58 bilhões, R$ 1,44 bilhão e R$ 424 milhões, respectivamente.

Já XP Investimentos, que tem recomendação neutra para a Sabesp e preço-alvo de R$ 54,00, aponta que os resultados da companhia de saneamento devem ser um pouco mais fracos, dadas as isenções para clientes de baixa renda até 15 de agosto, as provisões potencialmente mais altas para inadimplência e a maior participação da demanda residencial no mix, “o que implica tarifas médias mais baixas”.

Segundo os analistas, isso pode ser ligeiramente contrabalanceado pela autorização pela agência reguladora de reajuste tarifário compensatório de 3,40% em agosto. A projeção de receita líquida, Ebitda e lucro líquido é de R$ 3,56 bilhões, R$ 1,42 bilhão e R$ 320 milhões, respectivamente.

B3 (SA:B3SA3)

O BTG Pactual, que tem recomendação de compra para os papéis da B3, espera receita líquida de R$ 1,9 bilhão, Ebitda de R$ 1,41 bilhão e lucro líquido de R$ 1 bilhão no terceiro trimestre. O consenso de analistas colhido pelo banco tem projeção ligeiramente similar, a R$ 1,91 bilhão, R$ 1,45 bilhão e R$ 1 bilhão, respectivamente.

BR Malls (SA:BRML3)

O BTG Pactual tem projeção de R$ 246 milhões para a receita líquida da BR Malls, Ebitda de R$ 167 milhões e lucro líquido de R$ 101 milhões, contra projeção do mercado colhida pelo banco de R$ 98 milhões e R$ 25 milhões para os dois primeiros resultados e prejuízo líquido de R$ 25 milhões.

Centauro (SA:CNTO3)

Para a Centauro, o BTG Pactual, que tem recomendação de compra para o papel, projeta receita líquida de R$ 580 milhões, Ebitda de R$ 9 milhões e prejuízo líquido de 60 milhões.

Já o consenso de mercado colhido pelo banco vê a receita líquida em R$ 248 milhões, Ebitda negativo em R$ 88 milhões e prejuízo líquido em R$ 83 milhões.

Copel (SA:CPLE6)

O BTG Pactual espera receita líquida de R$ 3,8 bilhões para a Copel, Ebitda de R$ 1 bilhão e lucro líquido de R$ 586 milhões.

Já a XP Investimentos, que tem recomendação de compra e preço-alvo de R$ 70,00 para a ação PNB da Copel, diz que os resultados no segmento de distribuição da empresa devem ser afetados, ainda que de maneira mais branda, pela crise do Covid-19, como demanda fraca de energia e potenciais provisões por inadimplência.

Os analistas dizem que, no segmento de geração, os resultados devem ser impactados negativamente pela estratégia de sazonalização da garantia física adotada alinhada ao rebaixamento do GSF (risco hidrológico) das usinas participantes do Mecanismo de Realocação de Energia, ou MRE. A projeção é de receita líquida, Ebitda e lucro líquido de R$ 4,22 bilhões, R$ 911 milhões e R$ 1,11 bilhão, respectivamente.

Energisa (SA:ENGI11)

O BTG Pactual espera receita líquida de R$ 5,4 bilhões, Ebitda de R$ 876 milhões e lucro líquido de R$ 305 milhões, enquanto o consenso colhido pelo banco vê os resultados em R$ 4 bilhões, R$ 1,1 bilhão e R$ 149 milhões, respectivamente.

O banco de investimentos tem recomendação de compra para a Energisa.

EZTec (SA:EZTC3)

O BTG Pactual, que tem recomendação de compra para os papéis da EZTec, espera receita líquida de R$ 318 milhões, Ebitda de R$ 86 milhões e lucro líquido de R$ 107 milhões.

Já a XP Investimentos espera que a EZTec apresente fortes resultados no terceiro trimestre após reportar melhores números operacionais nan prévia operacional. A receita líquida deve atingir R$ 277 milhões, com margem bruta de 40,7%, “impulsionada pelo baixo nível de lançamentos e mix de vendas.”

Os analistas, que projetam lucro líquido de R$ 108 milhõoes, também destacam que a construtora deve apresentar forte resultado financeiro líquido devido à combinação de alta na linha de juros ativos sobre contas a receber de clientes após a recente escalada do IGP-DI e baixa alavancagem da companhia.

Natura & Co (SA:NTCO3)

O consenso dos analistas projeta receita de R$ 8,38 bilhões para a Natura, contra R$ 6,99 bilhões no último trimestre, e lucro de R$ 0,10 por ação, contra prejuízo de R$ 0,18 por açõa anterior.

Randon (SA:RAPT4)

O BTG Pactual tem recomendação de compra para a Randon e projeção de R$ 1,3 bilhão para a receita líquida, com Ebitda de R$ 187 milhões e lucro líquido de R$ 69 milhões.

Já o consenso colhido pelo banco espera receita líquida de R$ 856 milhões, Ebitda de R$ 68 milhões e lucro líquido de R$ 6 milhões.

Sul América (SA:SULA11)

O BTG Pactual, com recomendação de compra para o papel, espera receita líquida de R$ 4,81 bilhões, Ebitda de R$ 262 milhões e lucro líquido de R$ 209 milhões, enquanto o consenso de mercado colhido pelo banco vê a receita líquida em R$ 6,48 bilhões e lucro líquido de R$ 441 milhões.

Vivara (SA:VIVA3)

A XP Investimentos espera uma melhora dos resultados na base sequencial por conta da reabertura das lojas físicas ao longo do trimestre. A projeção é de receita líquida de R$ 257 milhões, Ebitda de R$ 56 milhões e lucro líquido de R$ 41 milhões.

Trisul (SA:TRIS3)

Com recomendação de compra para a Trisul, o BTG Pactual espera receita líquida de R$ 189 milhões, Ebitda de R$ 44 milhões e lucro líquido de R$ 40 milhões.

Banco Inter (SA:BIDI4)

O BTG Pactual tem projeção de prejuízo líquido de R$ 6 milhões para o Banco Inter no terceiro trimestre e recomendação de compra para o papel.

Gafisa (SA:GFSA3)

O consenso dos analistas espera receita líquida de R$ 154 milhões para a Gafisa no terceiro trimestre e lucro de R$ 0,09 por ação.

Alliar (SA:AALR3)

O BTG Pactual, que tem recomendação neutra para a Alliar, espera receita líquida de R$ 263 milhões, Ebitda de R$ 67 milhões e lucro líquido de R$ 7 milhões. Já o consenso recolhido pelo banco de investimentos tem projeção de receita líquida de R$ 119 milhões, Ebitda negativo de R$ 18 milhões e prejuízo líquido de R$ 62 milhões.

CPFL Energia (SA:CPFE3)

O BTG Pactual espera receita líquida de R$ 5,91 bilhões para a CPFL, Ebitda de R$ 1,5 bilhão e lucro líquido de R$ 605 milhões.

Já o consenso dos analistas colhido pelo banco de investimentos projetam resultados de R$ 6,3 bilhões, R$ 1,2 bilhão e R$ 535 milhões respectivamente.

Oi (SA:OIBR3)

O consenso dos analistas projeta receita de R$ 4,61 bilhões para o terceiro trimestre e prejuízo de R$ 0,20 por ação.

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content