segunda, 06 de dezembro de 2021
ações

Mineradora canadense Aura conclui IPO de R$ 790 milhões na B3

06 julho 2020 - 15h35Por Investing.com

Por Ana Julia Mezzadri

Investing.com - A mineradora canadense Aura, que tem como foco na exploração de ouro, cobre e outros metais nas Américas, concluiu seu IPO na B3 na segunda-feira (6), quando seus BRDs patrocinados, ou recibos de ações de fora do país, passaram a ser negociados na bolsa brasileira. O IPO levantou R$ 790 milhões.

Às 15h56, os papéis da Aura eram negociados a R$ 750, contra R$ 820 na oferta pública inicial.

“O fato de uma empresa estrangeira com atuação num setor tão estratégico realizar seu IPO no Brasil em um momento como agora diz muito. Para nós isso é também um singelo lembrete de que não podemos parar diante das adversidades e que é também nos momentos mais desafiadores que encontramos oportunidades”, disse Gilson Finkelsztain, presidente da B3. “Esse fluxo de ofertas para atender essa demanda por novos ativos segue muito forte no Brasil. Os investidores, sejam brasileiros ou estrangeiros, seguem atentos em busca de boas oportunidades.”

O IPO da Aura seguiu o modelo de esforços restritos, isto é, os papéis não foram disponibilizados para os investidores de varejo. Mais especificamente, a oferta é válida apenas para aqueles que possuem investimentos financeiros de R$ 10 milhões ou mais.

As ações podem ser oferecidas para apenas 75 investidores, dos quais só 50 podem entrar. Não há limitação para investidores estrangeiros.Além de ser mais rápido por não exigir o cumprimento de algumas etapas de análise, o modelo oferece uma maior garantia ao IPO, crucial em tempos de volatilidade extrema como o atual. A Aura foi a primeira a utilizar esse modelo no Brasil.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content