Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Lucro

Lucro dos quatro maiores bancos do Brasil bate recorde

08 agosto 2019 - 21h35Por Angelo Pavini
O lucro consolidado dos quatro maiores bancos de capital aberto brasileiro (Bradesco, Banco do Brasil, Itau Unibanco e Santander) no segundo trimestre de 2019 atingiu R$ 20,4 bilhões, que é o maior lucro já registrado pelas quatro instituições historicamente, segundo levantamento feito pela empresa de dados Economatica. A série histórica do levantamento considera o início de negociação do Santander na bolsa brasileira. O lucro no segundo trimestre de 2019 é 2,62% superior ao do primeiro trimestre de 2019. Já com relação ao segundo trimestre de 2018, o crescimento do lucro é de 21,3%.

Receita de Intermediação financeira cai

Os bancos da amostra acumulam R$ 120,8 bilhões no segundo trimestre de 2019, valor inferior em 4,74% com relação ao segundo trimestre de 2018 e 2,03% inferior com relação ao primeiro trimestre de 2019. O maior valor atingido pelos quatro bancos aconteceu no terceiro trimestre de 2015 com R$ 172,9 bilhões.

Receita de serviços bancários aumenta

Em junho de 2019 os bancos da amostra registram R$ 28,6 bilhões de receitas com serviços bancários. Os serviços bancários consideram todos os tipos de encargos que os bancos possuem em suas operações e não se limita à tarifa de conta corrente. O resultado do segundo trimestre de 2019 é o terceiro maior já registrado na amostra. O maior valor foi no quarto trimestre de 2017 e o segundo maior no quarto trimestre de 2018. A receita de serviços bancários no segundo trimestre de 2019 tem crescimento de 6,24% com relação ao mesmo período de 2018 e de 5,4% com relação ao primeiro trimestre de 2019.

Provisionamento de devedores duvidosos diminui

No segundo trimestre de 2019, os bancos da amostra registram R$ 14,9 bilhões de Provisões para Devedores Duvidos (PDD), segundo menor valor desde o terceiro trimestre de 2014. O resultado do segundo trimestre de 2019 é 6,24% inferior ao mesmo período de 2018 e 5,41% inferior ao do primeiro trimestre de 2019.

Rentabilidade sobre o patrimônio segue em alta

A mediana da Rentabilidade sobre o Patrimônio Líquido (ROE) dos bancos da amostra registra crescimento contínuo nos últimos sete trimestre (desde o terceiro trimestre de 2017). No segundo trimestre de 2019 a mediana é de 18,5%, valor que não era registrado desde o quarto trimestre de 2015. O menor valor registrado pelos bancos da amostra no período anualizado foi no terceiro trimestre de 2017 quando registraram 12,9% de ROE.
    O post Lucro dos 4 maiores bancos bate recorde e rentabilidade cresce pelo 7º trimestre seguido, liderada pelo Itaú apareceu primeiro em Arena do Pavini.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: