Menu
Busca terça, 19 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile

Justiça manda soltar jovem acusado de latrocínio em Guaratiba

23 janeiro 2019 - 17h02Por Agência Brasil

 O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) mandou soltar Leonardo do Nascimento dos Santos, confundido com um dos assassinos do jovem Matheus dos Santos Lessa, e que estava detido na prisão de Benfica desde o dia 17. Durante assalto na mercearia Poupe Market, em Guaratiba, zona oeste do Rio, Matheus foi morto a tiros defendendo a mãe, proprietária do pequeno comércio.

A revogação da prisão de Leonardo atendeu ao pedido do Ministério Público, após a identificação dos verdadeiros assassinos Yuri Gladstone Guimarães e Adeílton Santana de Oliveira, este conhecido por “Boquinha”. Yuri foi preso por policiais da Delegacia de Homicídios e, além de confessar o crime, acusou Adeílton, que está foragido. A prisão temporária de ambos foi pedida.

Leonardo foi apontado inicialmente por testemunhas como autor dos tiros, devido à sua semelhança física com Yuri. Com a prisão deste, o crime foi esclarecido e Leonardo foi inocentado, como sustentavam seus parentes, que chegaram a fazer protestos no final de semana na porta do presídio.

Em seu depoimento à polícia, Yuri apontou “Boquinha” e um terceiro participante no assalto, identificado como Matheus, responsável por dirigir um Ecosport, utilizado na fuga.

Yuri declarou ainda ter atirado em Matheus dos Santos Lessa, quando ele tentou defender a mãe. O assalto, seguido de morte, rendeu aos acusados R$ 30 e um celular, roubado de uma cliente, informou o TJRJ. 

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: