segunda, 29 de novembro de 2021
brasil

Juros futuros caem e Ibovespa bate 102 mil pontos

21 junho 2019 - 12h03Por Angelo Pavini
A expectativa de queda nos juros nos EUA e no Brasil domina os mercados hoje e mexe com a bolsa e com os juros futuros. No Brasil, o dia deve ser de menor volume de negócios por conta do feriado ontem. Mesmo assim, chama a atenção as taxas projetadas pelos contratos futuros de juros, que estão em forte queda após o Comitê de Política Monetária (Copom) sinalizar cortes caso a reforma da Previdência seja aprovada. Os contratos para janeiro de 2020 projetam juros de 5,99%, 0,09 ponto percentual abaixo do fechamento de quarta-feira, dia da decisão do Copom. Para 2021, a projeção está em 5,85%, 0,18 ponto menor e, para 2022, 0,24 ponto menor. Até os contratos mais longos estão em baixa, com 2025 projetando 7,20% (-0,22 ponto) e para 2028, 7,74% (-0,19 ponto percentual).

Juro da NTN-B cai

Os juros futuros do Tesouro Direto também recuam, com os papéis corrigidos pela inflação (Tesouro IPCA+ ou NTN-B) para 2035 e 2045 pagando 3,77% hoje, ante 3,90% no começo da semana. Na bolsa, o Índice Bovespa está em alta, ajustando seus preços ao movimento de ontem, feriado no Brasil de Corpus Christi. Ontem, o S&P500 bateu recorde de pontos nos EUA e os papéis brasileiros haviam subido, acompanhando o otimismo dos investidores com as declarações do Federal Reserve (Fed, banco central americano) indicando queda nos juros lá também. Aqui, às 11h45, o Índice Bovespa subia 1,66%, para 101.967 pontos. Na máxima do dia, o índice já superou os 102 mil pontos. O índice é puxado pelas ações da Petrobras, que sobem 2,54% a ação PN, em meio à tensão entre Estados Unidos e Irã, depois que forças iranianas derrubaram um drone de vigilância americano. O presidente americano Donald Trump chegou a ameaçar retaliar Teerã, mas depois voltou atrás e culpou “algum oficial estúpido” do Irã pelo ataque, reduzindo a tensão. Mas o receio continua e os preços do petróleo seguem em alta, de 0,67% em Nova York. As ações de bancos também sobem, com Itaú Unibanco PN ganhando 1,16% e o Banco do Brasil ON, 1,50%. A ação da bolsa B3 está em alta de 3%. Entre as ações do Ibovespa, a maior alta é de JBS ON, com 3,81%, seguida de CCR ON, 3,78% e Ultrapar ON, 3,25%. As maiores quedas do índice são de Smiles ON, 2,67%, Natura ON, 1,66% e Gol PN, 1,55%. O dólar comercial está em queda, de 0,84%, vendido a R$ 3,818.O dólar turismo sobe 0,75%, para R$ 4,03 para venda. O post Juros futuros caem após Copom e projetam 5,85% até 2021; Ibovespa sobe para 102 mil pontos apareceu primeiro em Arena do Pavini.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content