sábado, 27 de novembro de 2021
Irani

Irani cai mais de 18% com follow-on precificado a R$ 4,50 e captação de R$ 405 mi

23 julho 2020 - 14h17Por Investing.com

Por Gabriel Codas , da Investing.com - A Irani Papel e Embalagem anunciou nesta quinta-feira que precificou sua oferta de ações em R$ 4,50, levantando assim R$ 405 milhões na operação. Por volta das 11h35, os ativos da companhia RANI3 cediam 18,75% a R$ 4,73. A operação, restrita a investidores qualificados, teve participação de 72% de capital local e 28%, de estrangeiros. Havia a possibilidade de o controlador, o grupo catarinense Habitasul, vender parte de sua fatia em oferta secundária. No entanto, a opção foi por não se desfazer dos papéis neste momento. A companhia irá converter todas as ações preferenciais em ordinárias, na proporção de um para um. Além disso, vai migrar para o Novo Mercado em prazo inferior a seis meses. Em entrevista ao jornal Valor, o presidente da companhia, Sérgio Ribas, destacou que “o processo está bastante avançado e os esforços, voltados a fazer a migração o mais rápido possível”. Devido à operação, agora a companhia cumpre o índice de liquidez mínimo para listagem no Novo Mercado, com o free float foi elevado a 42% e o controlador, diluído a uma posição de 58%. A Irani ficou pressionada nos últimos anos com o endividamento elevado, contraído com a aquisição da concorrente Indústria de Papel e Papelão São Roberto. Dessa forma, teve de postergar projetos de modernização e expansão, que agora serão retomados. Os desembolsos de R$ 1,2 bilhão serão executados até 2025, com maior concentração até 2023.https://spacemoney.com.br/ibovespa-cai-05-em-linha-com-o-exterior-dolar-tem-valorizacao-a-r-516/ Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content