Menu
Busca domingo, 17 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Oferta pública inicial

BR Partners protocola pedido de registro de IPO na Comissão de Valores Mobiliários (CVM)

No primeiro trimestre de 2021, o BR Partners reportou lucro líquido contábil de R$ 31 milhões

15 junho 2021 - 09h15Por Redação SpaceMoney

O banco de investimentos BR Partners comunicou nesta terça-feira (15), em fato relevante, que protocolou seu pedido de registro de oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A decisão havia sido aprovada em 25 de janeiro e foi ratificada em Assembleia Geral Extraordinária ontem (14).

A oferta do banco de investimentos consistirá na distribuição primária inicial de 22,75 milhões de units e secundária de até 3,05 milhões de papéis de titularidade dos fundos BrapInvest, caso haja colocação de units adicionais.

A quantidade de units inicialmente ofertada poderá ser acrescida em até 1,5 milhão.

Informa a companhia que também prevê um lote suplementar de até 2,275 milhões de units, percentual equivalente a até 10% do total das units inicialmente ofertadas, destinadas, exclusivamente, às atividades de estabilização do preço.

O preço por unit foi estimado entre R$ 16,00 e R$ 19,00.

Com base no preço médio da faixa indicativa de R$17,50, o montante total da oferta restrita seria de:

(i) R$398.125.000,00, sem considerar as units adicionais e as units suplementares;

(ii) R$477.750.000,00, considerando as units adicionais, mas sem considerar as units suplementares;

(iii) R$437.937.500,00, sem considerar as units adicionais, mas considerando as units suplementares;

(iv) R$517.562.500,00, considerando a colocação da totalidade das units adicionais e das units suplementares.

"Os recursos líquidos provenientes da oferta primária serão destinados para reforço da estrutura de capital e o fortalecimento de balanço da companhia, permitindo a expansão dos seus negócios nas áreas de Crédito Estruturado e Mercado de Capitais e Sales & Trading", informou a companhia no material.

No primeiro trimestre de 2021, o BR Partners reportou lucro líquido contábil de R$ 31 milhões, um avanço de 43,4% em relação aos três primeiros meses de 2020 e de 36,9% ante o último trimestre do ano passado.

O banco pedirá ainda listagem no Nível 2 de governança corporativa da B3. O início das negociações das units do nível 2 da B3 está previsto para 21 de junho, sob o código “BRBI11”.

Coordenam a oferta Banco BTG Pactual (BPAC11), Banco Itaú BBA e XP Investimentos.

 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: