domingo, 28 de novembro de 2021
Recuperação do turismo e varejo

Interesse em turismo e varejo cresce entre os consumidores

De acordo com levantamento, 70% das pessoas devem fazer uma viagem assim que possível

18 outubro 2021 - 19h21Por Investing.com

Por Ana Beatriz Bartolo, da Investing.com - Com o avanço da vacinação, a retomada da economia e a flexibilização do distanciamento social, os setores de turismo e varejo começam a se recuperar, com as pessoas ganhando mais confiança para realizar essas atividades. Dados da Decode, empresa de client acquisition e consulting do BTG Pactual (SA:BPAC11), mostram um aumento nos acessos de sites de companhias aéreas, enquanto informações do Waze apontam para um crescimento na busca de trajetos para centros comerciais.

De acordo com um levantamento feito pela Decode, 70% das pessoas devem fazer uma viagem assim que possível. Dos turistas em potencial, 25% pretendem viajar de carro, enquanto 45% pretendem viajar de avião, 26% querem fazer viagens dentro do Brasil e 19% desejam fazer viagens para o exterior.

A pesquisa por melhores preços de passagens já começou, tanto que, até o fim de outubro, é estimado um aumento de 181% nos acessos no site da Latam (SN:LTM) na comparação com o mesmo período de tempo do ano passado, chegando a 2.256.027 de acessos. Já na Decolar e na CVC (SA:CVCB3), essa alta é estimada em 158% e 131%, respectivamente, totalizando 7.042.322 e 16.319.175 de acessos em cada site.

Passeios perto de casa

Como nem todos ainda estão confiantes em viajar, algumas pessoas estão optando por gastar com as compras de fim de ano. Segundo a Waze, as navegações para redes varejistas estão 17% acima do que no período pré-pandemia.

O fluxo das lojas de departamento está 50% maior em comparação com setembro de 2019, enquanto que para farmácias, a alta é de 38%. Para lojas de móveis, a procura subiu 32%, para supermercados, 24%, para lojas de artigos esportivos, 9%, para shoppings, 2% e para estabelecimentos de fast-foods, a busca por trajetos subiu 1%.

O Waze acredita que esse crescimento deve se manter até janeiro de 2022, quando terão passado as datas comemorativas de consumo e confraternização, como black friday e festas de final de ano.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content