terça, 07 de dezembro de 2021
IPCA

Inflação oficial, IPCA sobe 0,11% em agosto e acumula 3,43% em 12 meses; alimentos têm deflação

06 setembro 2019 - 09h19Por Angelo Pavini
O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de agosto subiu 0,11%, variação 0,08 ponto percentual (p.p.) menor que a de julho (0,19%). O número ficou dentro do esperado pelo mercado, que trabalhava com 0,11% de alta. A variação acumulada no ano ficou em 2,54% e, nos últimos 12 meses, em 3,43%, acima dos 3,22% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em agosto de 2018, a taxa havia sido de -0,09%. As informações são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O IPCA é a inflação oficial usada pelo Banco Central (BC) em suas metas e para a definição da taxa de juros. A meta de inflação para este ano está em 4,25%, o mostra que há espaço para o BC continuar reduzindo os juros, hoje de 6% ao ano. De julho para agosto, houve deflação em três dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados. As variações negativas mais intensas vieram dos grupos Alimentação e bebidas (-0,35%) e Transportes (-0,39%), que contribuíram com -0,09 p.p. e -0,07 p.p., respectivamente. Além disso, o grupo Saúde e cuidados pessoais também recuou (-0,03%), embora com menos intensidade que no mês anterior (-0,20%). No lado das altas, destaca-se o grupo Habitação (1,19%), principal impacto no IPCA de agosto (0,19 p.p.), cuja variação ficou próxima à de julho (1,20%). Os demais grupos ficaram entre as altas de 0,09% em Comunicação e de 0,56% em Artigos de residência, como mostra a tabela abaixo. O post Inflação oficial, IPCA sobe 0,11% em agosto e acumula 3,43% em 12 meses; alimentos têm deflação apareceu primeiro em Arena do Pavini.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content