Menu
Busca quarta, 22 de setembro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
iguatemi

Iguatemi avança com reabertura de shopping em Brasília

27 maio 2020 - 11h59Por Investing.com
Por Gabriel Codas Investing.com - Nos primeiros negócios da manhã desta quarta-feira, as ações da Iguatemi (SA:IGTA3) são negociadas com alta na B3. A administradora de shopping centers reportou, ontem após fechamento do mercado, que teve forte queda no lucro do primeiro trimestre, refletindo diretamente os efeitos da pandemia do coronavírus em suas operações, com o fechamento do comércio não-essencial  em todo o Brasil em meados de março. A companhia anunciou na terça-feira que seu lucro do período somou R$ 12,45 milhões entre janeiro e março, queda de 77,5% ante mesma etapa de 2019. O resultado ficou abaixo do consenso dos analistas de mercado de lucro líquido de R$ 25 milhões. Por volta das 10h52, os ganhos eram de 1,37% a R$ 34,13, um pouco acima dos ganhos do Ibovespa hoje. O principal índice acionário brasileiro registrava alta de 1,17% a 86.467 pontos. A entrada de reabertura de mais shoppings centers nesta semana contribui para o desempenho um pouco acima do Ibovespa. O Iguatemi anunciou que o ParkShopping, em Brasília, reabre com horário reduzido - das 13h00 às 21h00 -, após 69 dias fechado.

Visão dos analistas

Para o BTG Pactual (SA:BPAC11), o primeiro trimestre ficou em linha com o esperado, altamente impactado pela Covid-19 (como esperado), mas estima que a Iguatemi foi mais conservadora ao reservar um grande PDA relacionado aos aluguéis de março. Os analistas enxergam um cenário mais sombrio para os shoppings, pois não sabem exatamente quando os shoppings serão reabertos; e acreditam que a "taxa de mortalidade" de pequenos varejistas será alta (impactando a coleta de aluguéis dos shoppings). Embora considerem que a Iguatemi possui shoppings AAA (que podem mitigar esses impactos), mantiveram a classificação Neutra nas ações (13x P/FFO ‘21E). Já a Mirae Asseta avalia que, no geral, os números ficaram dentro da expectativa e foram impactados pela Covid-19. A corretora espera que no 2T20 seja ainda mais impactados por esse evento, mas com recuperação gradual a partir de junho em alguns dos shoppings. Em 24 de abril, foram reabertos o Fashion Outlet Santa Catarina, seguido do Fashion Outlet Novo Hamburgo, em 15 de maio e Iguatemi Porto Alegre e Praia de Belas, em 22 de maio e hoje estará abrindo o Shopping em Brasília e devem continuar reabrindo os demais nas próximas semanas. Opera com 20% do seu ABL. Esperamos uma recuperação / volta gradual do público e consequentemente resultados melhores a partir do 3T20, com mais ênfase quando estiver controlada a pandemia. Balanço Já o resultado operacional do Iguatemi medido pelo lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) somou 102,9 milhões de reais, queda de 20,5% ano a ano, porém acima da previsão média de analistas consultados pela Refinitiv, de 83,8 milhões de reais. A margem Ebitda despencou 9,2 pontos percentuais no comparativo, anual, para 65,6%. A receita líquida da companhia no trimestre somou 156,8 milhões de reais, declínio de 9,4% ano a ano. O indicador de inadimplência líquida da empresa subiu 0,8 ponto, para 3,7%. A companhia informou ter fechado março com disponibilidade de caixa de 960,7 milhões de reais, queda de 6% em ante o fim de 2019, após ter pago pela compra de participação do Praia de Belas Shopping Center, do Shopping Center Esplanada e da Maiojama Participações. Reabertura em Brasília De acordo com o decreto do governador Ibaneis Rocha, publicado na última sexta-feira (22), shopping centers e centros comerciais reabrirão a partir desta quarta-feira em horário restrito, das 13h às 21h. Já as áreas de recreação e brinquedotecas dos shoppings, lojas de jogos eletrônicos, cinemas e teatros deverão permanecer fechados. As praças de alimentação e os provadores de lojas de vestuários também estão proibidos de abrir. Além do uso de máscaras e álcool em gel, os lojistas serão submetidos a testes de covid-19 de 15 em 15 dias. Uma parceria com o governo do DF vai oferecer esses testes, de forma gratuita. Cerca de 500 testes serão disponibilizados diariamente. Hoje, excepcionalmente, por causa da grande demanda registrada ontem (26) e das filas que se formaram,  serão feitos 2 mil testes. O número de postos de testagem também aumentou de um para 15. Outra medida para evitar aglomerações será a liberação de apenas 50% das vagas dos estacionamentos desses locais. Além disso, é necessário que haja medição de temperatura de todos os clientes antes de entrarem no shopping. A distância mínima de dois metros entre as pessoas também será obrigatória. O empregado, colaborador, terceirizado e prestador de serviço que apresentar sintomas do novo coronavírus deverá ser orientado a permanecer em isolamento domiciliar. *Com Reuters e Agência Brasil
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: