sexta, 03 de dezembro de 2021
Ibovespa

Ibovespa vira para queda com especulação sobre Moro e Bolsonaro; dólar sobe para R$ 5,87

12 maio 2020 - 15h23Por Redação SpaceMoney

O Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, operava em baixa durante desta terça-feira (12), com a especulação no noticiário sobre o conteúdo do vídeo da reunião ministerial, apontado por Sérgio Moro como prova da pressão de Jair Bolsonaro sobre a PF. Por volta das 15h20, as perdas eram de 0,77%, aos 78.459,10 pontos. Após bater recordes na semana passada, o dólar avançava. A moeda norte-americana registrava valorização de 0,30%, cotada a R$ 5,874. Veja os principais fatores que influenciam o mercado financeiro na sessão de hoje:

Mercados internacionais

No Japão, o Nikkei 225 fechou com queda de 0,12%. Já a bolsa de Xangai encerrou a sessão com perdas de 0,11%. Na Europa, DAX 30 caiu 0,051% e FTSE 100 teve alta de 0,93%. CAC 40 caiu 0,39%. Nos Estados Unidos, Dow Jones e Nasdaq caíam 0,50% e 0,16%, respectivamente. S&P 500 também registrava queda, 0,55%.

Coronavírus

Assim como ontem, o medo de uma segunda onda de contaminações do novo covid-19 assusta os investidores, com novos casos em países que lideram as reaberturas, como China e Coreia do Sul. Enquanto isso, a Rússia anunciou flexibilização do isolamento ontem, mesmo com mais de 200 mil casos. Os EUA, apesar da situação crítica de ocorrências e óbitos, mantém planos de reabertura. No Brasil, mesmo com a crescente da curva da doença, o presidente Jair Bolsonaro tenta forçar a volta das atividades via decreto, adicionando serviços que considera essenciais.

EUA x China

A China anunciou que vai isentar mais produtos dos EUA das tarifas impostas durante a guerra comercial sobre produtos químicos e têxteis. No entanto, as tensões entre os países ganham uma nova frente com o presidente norte-americano, Donald Trump, tentando impedir um fundo de pensão do governo de investir em ações chinesas.

Balanços

A temporada de resultados continua com Banrisul e BTG Pactual anunciando seus resultados para o 1º trimestre de 2020 antes da abertura dos mercados. Após o fechamento, é a vez da Trisul.

Ata do Copom

A ata da reunião da última semana do Comitê de Política Monetária revelou a possibilidade de um último corte de até 0,75 p.p na Selic já no próximo encontro da autoridade, no mês de junho. No documento, o BC diz esperar forte queda no PIB durante o primeiro semestre, com recuperação gradual a partir do segundo semestre de 2020.

Em Brasília

No campo político, o inquérito que apura se o presidente Jair Bolsonaro tentou interferir politicamente na Polícia Federal, conforme acusações do ex-ministro da Justiça Sérgio Moro, continua. Hoje haverá a exibição, em sigilo, do áudio da reunião em que o ex-juiz diz ter sofrido pressão do presidente. Além disso, 3 ministros prestam depoimento sobre o caso.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content