Menu
Busca sábado, 16 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Ibovespa

Ibovespa sobe 1,8% na esteira de exterior positivo, enquanto dólar opera em queda, a R$ 5,39

24 novembro 2020 - 14h06Por Redação SpaceMoney

Ibovespa

O Ibovespa, principal índice acionário da B3, a bolsa brasileira, operava em alta durante o pregão desta terça-feira (23).

Por volta das 14h04, os ganhos eram de 1,89%, aos 109.404 pontos.

O dólar operava em baixa. A moeda norte-americana tinha desvalorização de 0,73%, cotada a R$ 5,392.

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje:

Mercados internacionais

Ásia (encerrados)

  • Nikkei 225 (Jap): 2,50% ↑
  • Shangai Composite (Chi): 0,34% ↓

Europa (encerrados)

Estados Unidos

Nos EUA

O presidente Donald Trump finalmente deu o sinal verde para o início da transição entre seu governo e o do presidente eleito, Joe Biden. Trump, porém, negou que tenha admitido a derrota e seguirá contestando judicialmente o resultado das eleições norte-americanas. Ainda na última segunda-feira (23), o mercado recebeu com otimismo a possível indicação de Janet Yellen, ex-presidente do Federal Reserve, para secretária do Tesouro dos Estados Unidos no governo de Biden, que assumirá a casa branca em menos de dois meses, no dia 20 de janeiro.

Prévia da Inflação

Investidores voltam suas atenções para os números do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) de novembro, divulgados na manhã desta terça-feira (24). O índice inflacionário subiu 0,81%, alta menor do que a de 0,94% registrada em outubro, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com a maior variação para um mês de novembro desde 2015, o acumulado dos últimos 12 meses ficou em 4,22%, acima da meta de 4% do Banco Central para 2020.

Em Brasília

Em meio ao crescimento nos casos de covid-19, o governo recorreu de uma decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) que exigia a entrega de um plano detalhado de vacinação para a população brasileira. Segundo informações do jornal Valor Econômico, a determinação deveria ter sido cumprida até o final de semana passado, mas não há evidências de que tal plano sequer exista. Dúvidas quanto à logística de distribuição, armazenamento e faixas prioritárias para vacinação preocupam especialistas e técnicos do próprio governo Bolsonaro, incertos sobre como agir quando os fármacos estiverem disponíveis.

Veja como os índices brasileiros operam hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: