terça, 30 de novembro de 2021
Ibovespa futuro

Ibovespa futuro cai com exterior e cena local; dólar sobe sob risco fiscal

20 agosto 2020 - 09h34Por Investing.com

Por Gabriel Codas - Investing.com - O índice futuro do Ibovespa inicia a sessão de desta quinta-feira registrando queda de 1,46% aos 99.575 pontos às 09h18, com o dólar avançando 1,06% a R$ 5,6176.

O mercado terá um dia de cautela, como reação dos investidores à ata da última reunião do Fomc, sinalizando reocupação contínua com o impacto da pandemia de coronavírus sobre a maior economia do mundo. Agora, os investidores esperam pelo documento do encontro do Banco Central Europeu. Além disso, as tensões geopolíticas continuam, com os Estados Unidos revogando uma série de privilégios concedidos a Hong Kong.

Por aqui, a tensão vem na esteira com a decisão do Senado Federal, que, na noite de ontem, derrubou o veto do presidente ao reajuste do funcionalismo público estadual até o ano que vem, que era fruto de um acordo entre União e governos estaduais para que os entes federativos recebessem auxílio financeiro bilionário durante a pandemia. O impacto é de até R$ 130 bilhões. O risco fiscal aumenta o prêmio no mercado cambial e de juros.

- Cenário Interno

Sondagem da Indústria

A prévia da Sondagem da Indústria de agosto sinaliza crescimento de 8,4 pontos do Índice de Confiança da Indústria (ICI) em relação ao número final de julho, para 98,2 pontos. Caso o resultado se confirme, o índice estaria 0,7 ponto acima do valor observado em março (97,5 pontos) e teria recuperado aproximadamente 93% das perdas observadas em março e abril.

O aumento da confiança nesta prévia decorre tanto da melhora nas avaliações dos empresários em relação ao momento quanto em relação às expectativas para os próximos meses. O Índice de Situação Atual aumentou 8,1 pontos, para 97,2 pontos. Já o Índice de Expectativas avançou 8,8 pontos, para 99,3 pontos, valor acima do observado em março (96,2 pontos).

Reajuste de servidores

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o Senado deu um “péssimo sinal” ao derrubar na quarta-feira o veto do presidente Jair Bolsonaro a trecho de projeto que abria exceções à proibição de reajustes salariais de servidores públicos até o fim de 2021.

A proibição da concessão de aumentos foi estabelecida como contrapartida ao auxílio federal de 60 bilhões de reais repassado a Estados e municípios para o enfrentamento da crise do coronavírus. A derrubada do veto, que ainda terá de passar por votação na Câmara dos Deputados, deixa de fora da restrição categorias como as de profissionais de segurança pública, saúde, educação, agentes penitenciários e militares.

O ministro destacou que o veto foi feito pelo presidente em um momento decisivo, em que o país começa a se recuperar economicamente e está empenhado em dar um sinal de disciplina fiscal após despesas extraordinárias direcionadas à crise.

Covid-19

O Brasil registrou nesta terça-feira 1.212 novos óbitos em decorrência da Covid-19, o que eleva o total de mortes pela doença no país a 111.100, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

Segundo país mais afetado pelo coronavírus no mundo, atrás somente dos Estados Unidos, o Brasil também notificou 49.298 novos casos da doença, atingindo um total de 3.456.652 infecções confirmadas.

Esse é o quinto dia consecutivo —incluindo fim de semana e segunda-feira, quando costuma haver um atraso no processamento de testes— em que o país contabiliza menos de 50 mil novos casos de Covid-19, marca que vinha sendo superada na maior parte dos dias úteis entre terças e sextas-feiras.

Autoridades do ministério afirmaram nesta quarta-feira que há um indicativo de estabilização com tendência de queda nos números da Covid-19 no Brasil nas últimas semanas, embora ainda seja necessário aguardar uma confirmação do panorama.

Auxílio emergencial

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que o governo está negociando um meio termo entre 200 e 600 reais para o valor do auxílio emergencial concedido devido à pandemia de coronavírus para que o benefício seja prorrogado, possivelmente até o fim do ano.

Segundo o presidente, não é possível manter os 600 reais mensais das parcelas anteriores, já que o endividamento do país pode comprometer a credibilidade. Ao mesmo tempo, Bolsonaro disse que uma das propostas aventadas pelo Ministério da Economia, de 200 reais, não é suficiente.

“Então 600 reais é muito. O Paulo Guedes fala, alguém falou na Economia, em 200 (reais). A gente acha que é pouco, mas dá para chegar num meio termo e nós buscarmos que ele venha a ser prorrogado por mais alguns meses, talvez até o final do ano”, disse Bolsonaro em cerimônia de sanção de medidas provisórias para facilitar o acesso ao crédito.

- Cenário Externo

China

A China manteve sua taxa básica de juros para empréstimos corporativos e residenciais, como esperado, pelo quarto mês consecutivo em sua decisão de agosto nesta quinta-feira.

A taxa primária de empréstimo de um ano (LPR) permaneceu em 3,85%, enquanto a de cinco anos foi mantida em 4,65%.

A maioria dos empréstimos novos e pendentes é baseada na LPR, enquanto a taxa de cinco influencia as hipotecas.

Vinte e oito operadores e analistas entre 31 participantes em pesquisa da Reuters esta semana projetaram que não haveria mudanças em nenhuma das duas taxas.

A decisão aconteceu depois que o banco central chinês injetou mais liquidez através de seu instrumento de empréstimo de médio prazo (MLF) na segunda-feira, ao mesmo tempo em que deixou inalterados os custos de empréstimos pelo quarto mês seguido.

Acordo Comercial China – EUA

A China e os Estados Unidos concordaram em realizar negociações comerciais “nos próximos dias” para avaliar o progresso da Fase 1 de seu acordo seis meses após ele entrar em vigor em fevereiro, disse o Ministério do Comércio chinês nesta quinta-feira.

O porta-voz do ministério, Gao Feng, fez a declaração em uma entrevista semanal realizada online, mas não deu detalhes.

Elas foram feitas após o chefe de gabinete da Casa Branca, Mark Meadows, afirmar que nenhuma discussão de alto nível estava marcada, embora ambos os lados estejam em contato sobre a implementação da Fase 1 do acordo comercial.

O acordo, alcançado em 15 e janeiro e considerado um grande avanço após dois anos de disputas, determinou metas ambiciosas para a China, que deve aumentar com força as compras de produtos agrícolas e manufaturados dos EUA.

BOLSAS INTERNACIONAIS

Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 1,00%, a 22.880 pontos.  Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,54%, a 24.791 pontos. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 1,30%, a 3.363 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,30%, a 4.679 pontos.

A jornada é marcada por perdas nos mercados europeus. O DAX, de Frankfurt, tem queda de 1,11% aos 12.832 pontos, com o FTSE, de Londres, cedendo 1,28% aos 6.033 pontos. Já em Paris, o CAC tem desvalorização de 1,18% aos 4.918 pontos.

COMMODITIES

A jornada desta quinta-feira foi marcada por um movimento negativo para os preços dos contratos futuros do minério de ferro, que são negociados na bolsa de mercadorias da cidade de Dalian, na China. O ativo com o maior volume de operações, com data de vencimento para setembro do presente calendário, perdeu 0,11% para 914,50 iuanes por tonelada, o que representa ganhos de 1,00 iuan em relação aos 915,50 iuanes de liquidação da véspera.

No mesmo sentido, o fechamento da semana de negócios teve como principal característica as perdas nas cotações dos papéis futuros do vergalhão de aço, que são transacionados na também chinesa bolsa de mercadorias de Xangai. O contrato com mais liquidez, com entrega para o mês de outubro deste ano, cedeu 59 iuanes para 3.765 iuanes por tonelada, enquanto que o de janeiro de 2021, perdeu 453 iuanes para 3.735 iuanes para cada tonelada.

MERCADO CORPORATIVO

- Oi (SA:OIBR3)

O Banco do Brasil (SA:BBAS3) e o Itaú Unibanco acionaram a Justiça em segunda instância para pedir a suspensão da assembleia geral de credores da Oi que está marcada para 8 de setembro. Na ocasião será colocada em votação a proposta de mudança no plano de recuperação judicial da operadora - incluindo aí a permissão para venda das redes móveis, fibra, torres e data centers.

A informação consta em agravos encaminhados pelos bancos para a desembargadora Monica Maria Costa Di Pietro, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, na tentativa de reverter as decisões já tomadas pelo juiz Fernando Viana, da 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, onde corre o processo de recuperação da companhia.

Os bancos argumentam que não é possível realizar uma assembleia presencial em meio à pandemia, o que colocaria em risco a saúde dos participantes. Os advogados do Banco do Brasil sugerem adiar a assembleia para meados de 2021, enquanto os profissionais do Itaú pleiteiam que a reunião só ocorra quando as autoridades locais de saúde deem sinal verde para aglomerações de grande magnitude. A Oi tem cerca de 24 mil credores, mas, em reuniões desse tipo, costumam comparecer "apenas" algumas centenas de representantes.

- Sabesp (SA:SBSP3)

Após a queda de mais de 5% nos papéis da Sabesp, em razão da declaração do governador de São Paulo, João Doria, de que a empresa fará uma capitalização para prestar serviços em outros Estados, a concessionária de água e esgoto divulgou um comunicado oficial do governo paulista dizendo que o acionista controlador aguarda a análise dos vetos do marco legal do saneamento por parte do Congresso Nacional para definir seus próximos passos.

"Do ponto de vista do acionista controlador, importante esclarecer que não há decisão tomada sobre o modelo de reorganização societária da Sabesp, uma vez que o grupo de trabalho constituído pelo Conselho Diretor do Programa Estadual de Desestatização, em 24/04/2019, não concluiu suas atividades, estando no aguardo da análise dos vetos pelo Congresso Nacional da Lei nº 14.026, de 15 de julho de 2020, que atualiza o marco legal do saneamento para dar continuidade aos trabalhos", diz a nota assinado pelo vice-governador Rodrigo Garcia, que preside o Conselho de Defesa dos Capitais do Estado (Codec).

- BNDES

O Programa Emergencial de Acesso ao Crédito (PEAC) alcançou 11,2 bilhões de reais em financiamentos concedidos, afirmou nesta quarta-feira o superintendente do BNDES para saneamento, transportes e logística, Leonardo Pereira.

O banco é o operador do PEAC, sancionado nesta quarta-feira pelo presidente Jair Bolsonaro. O programa começou a funcionar via medida provisória no fim de junho com objetivo de conceder garantias que contribuam para normalizar o funcionamento do mercado de crédito voltado a pequenas e médias empresas.

Ao menos 35 instituições financeiras estão habilitadas para conceder créditos de entre 5 mil e 10 milhões de reais com garantias do PEAC, entre elas bancos, cooperativas de crédito, bancos de desenvolvimento e bancos de montadoras. O programa tem como diferencial a capitalização do FGI, o Fundo Garantidor para Investimentos.

A taxa de juros cobrada pelo agente financeiro não poderá ultrapassar 6% ao ano e o empréstimo terá carência de seis meses e prazo de 36 meses para pagamento.

- IPO da Eleva Educação

A Eleva Educação, rede de escolas que tem entre seus investidores o bilionário Jorge Paulo Lemann, contratou bancos para coordenar uma oferta pública inicial de ações (IPO), disse uma fonte. A operação pode movimentar cerca de 1,5 bilhão de reais.

A Eleva contratou os bancos Goldman Sachs, Itaú Unibanco e Morgan Stanley (NYSE:MS) para coordenar a oferta.

- Biodiesel

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) obteve na Justiça duas decisões favoráveis à realização de um leilão de biodiesel com mistura menor que a inicialmente estipulada, mas ainda tenta reverter outra liminar que impede o certame, disse o órgão regulador nesta quarta-feira.

Mais cedo, o Tribunal Regional Federal da 2ª Região havia cassado uma liminar que barrava o leilão, de acordo com decisão vista pela Reuters.

A liminar havia sido concedida em primeira instância em favor da Associação dos Produtores de Biocombustíveis do Brasil (Aprobio), que entrou na Justiça por considerar ilegal a decisão da ANP de cancelar um leilão para atender a mistura de 12% e em seguida marcar um outro, com mistura de 10%.

“A ANP, que já obteve duas decisões favoráveis na Justiça, continua trabalhando para reverter a liminar que ainda impede a continuação do 75º Leilão de Biodiesel”, afirmou a agência em nota.

- Frete

A demanda por fretes rodoviários no agronegócio avançou 10,3% no acumulado do ano até julho em relação ao mesmo período de 2019, impulsionada pelo forte ritmo de embarques de soja —que, por sua vez, vem na esteira de um câmbio favorável e aquecimento nas compras pela China.

É o que aponta pesquisa antecipada à Reuters pela Repom, instrumento de gestão e pagamento de despesas de frotas de caminhões da Edenred Brasil, com base na análise de 2,2 milhões de operações gerenciadas pela plataforma no país durante o período.

Segundo o Índice de Fretes e Pedágios Repom (IFPR), a demanda por frete rodoviário no agronegócio também cresceu 8,6% no mês de julho, no comparativo ano a ano.

Em julho, as exportações brasileiras de soja somaram 8,02 milhões de toneladas, aumento de 33,7% no comparativo anual, segundo a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec).

AGENDA DE AUTORIDADES

- Jair Bolsonaro

O presidente da República abre a quinta-feira se reunindo com o ministro Braga Netto (Casa Civil) e, em seguida, com a também ministra Damares Alves (Mulher, da Família e dos Direitos Humanos). Ainda pela manhã, recebe Luiz Fux, Ministro do Supremo Tribunal Federal.

Na parte da tarde, tem encontro com o ministro Onyx Lorenzoni (Cidadania), depois com Wagner do Rosário (CGU) e Jorge Antonio de Oliveira (Secretaria-Geral da Presidência). O dia termina com o presidente se reunindo com Braga Netto e com Fernando Azevedo (Defesa).

- Paulo Guedes

- Videoconferência com o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos da Costa;

- Videoconferência com o Presidente do BNDES, Gustavo Montezano;

- Videoconferência com o secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues;

- Videoconferência com o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e com os deputados Felipe Rigoni (PSB-ES), João Campos (PSB-PE) e Tabata Amaral (PDT-SP).

(Com contribuição de Reuters)

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content