terça, 30 de novembro de 2021
Ibovespa

Ibovespa opera em alta com expectativa pela votação da Previdência

08 julho 2019 - 10h09Por Redação SpaceMoney

Às 13h15 desta segunda-feira (8), o Ibovespa, principal índice acionário da bolsa de valores paulista, operava em alta de 0,41%, aos 104.516 pontos. Enquanto isso, às 13h08, o dólar comercial operava em queda de 0,364% ante o real, valendo R$ 3,8055. São dois os principais eventos que influenciam bolsa e dólar hoje: a expectativa de votação da reforma da Previdência no Congresso Nacional até o dia 18 de julho, quando se inicia o recesso parlamentar; e um possível corte nas taxas de juros nos EUA nos próximos meses, hipótese que se tornou menos provável, nos últimos dias, com os dados melhores que o esperado no mercado de trabalho daquele país. Previdência O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse na sexta-feira acreditar que a reforma da Previdência já tem mais do que os votos necessários para passar no plenário da Casa, mas ponderou que eventual inclusão de Estados e municípios pode inviabilizar sua aprovação. O governo sinalizou que trabalhará pela extensão das novas regras previdenciárias aos entes federativos. Mas, segundo o presidente da Câmara, isso poderia custar de 50 a 60 votos, ainda que o clima atual esteja melhor do que o verificado quando a proposta do ex-presidente Michel Temer seguia para o plenário. Na quarta-feira, o IBGE irá divulgar os números oficiais da inflação no país em junho. Além disso, na quinta-feira será a vez de dos dados das vendas do varejo de maio se tornarem públicos. Já na sexta, o órgão divulga o indicador de atividades do setor de serviços, também referente ao quinto mês do ano. Os mercados acionários chineses recuaram nesta segunda-feira, com o índice de Xangai registrando a maior perda diária em mais de dois meses, conforme os investidores reduziram as expectativas de fortes cortes de juros nos Estados Unidos. A fraqueza nesta segunda-feira esteve relacionada aos novos dados de criação de vagas de trabalho nos EUA, disse Cao Xuefeng, chefe de pesquisa da Huaxi Securities Bolsas Internacionais Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,98%, a 21.534 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,54%, a 28.331 pontos. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 2,58%, a 2.933 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 2,32%, a 3.802 pontos. A segunda-feira indica ser também de perdas nos principais mercados acionários da Europa. Em Frankfurt, o DAX opera com queda de 0,23% aos 12.540 pontos, enquanto que em Londres, o FTSE cede 9,09%¨aos 7.546 pontos. Já em Paris, o CAC recua 0,23% aos 5.580 pontos. Commodities A jornada desta segunda-feira na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian foi marcada por moderada valorização dos contratos futuros do minério de ferro. O ativo com maior liquidez, para setembro do atual calendário, registrou avanço de 1,89% para um total de 861,00 iuanes por tonelada, o que representa uma variação diária de 16,00 iuanes. Por outro lado, a abertura da semana foi negativa para os papéis futuros do vergalhão de aço, que são transacionados na bolsa de mercadorias de Xangai, também na China. O contrato de com maior volume de negócios, com entrega em outubro deste ano, perdeu 22 iuanes para um total de 3.992 iuanes por tonelada. O segundo mais líquido, de janeiro de 2020, cedeu 24 iuanes, para 3.737 iuanes por tonelada do produto. O começo da semana mostra-se ser de perdas moderadas nos contratos futuros do petróleo nas principais praças de negociação. Em Nova York, o barril do tipo WTI cede 0,26%, ou US$ 0,15, a US$ 57,36. Já em Londres, o Brent recua 0,20%, ou US$ 0,13, a US$ 64,10. Mercado Corporativo Preço dos combustíveis Os preços médios do óleo diesel e da gasolina continuaram em queda nos postos do Brasil na semana encerrada nesta sexta-feira, mostraram dados publicados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Foi a sexta queda semanal nas cotações do diesel e a oitava consecutiva da gasolina, mesmo após um anúncio pela estatal Petrobras (SA:PETR4) nesta semana de uma elevação de 3,9% nos preços do diesel em suas refinarias, válida a partir da terça-feira. Com isso, o valor médio nas bombas para o diesel, combustível mais utilizado do Brasil, fechou a semana em 3,551 reais por litro, contra 3,570 na semana anterior— baixa de 0,53%. Já a gasolina caiu para 4,399 reais por litro, contra 4,425 reais na semana anterior— recuo de 0,59%. Petróleo A petroleira norueguesa Equinor e a chinesa Sinochem receberam licença prévia do Ibama para a Fase 2 da ampliação do sistema de produção do campo de petróleo Peregrino, na bacia de Campos (RJ), afirmou o órgão nesta sexta-feira. O projeto prevê a instalação de uma terceira plataforma fixa para perfuração de novos poços, com ampliação da produção da jazida em cerca de 270 milhões de barris, em reservas recuperáveis, acrescentou o Ibama. Também está prevista a instalação de um trecho de gasoduto que fornecerá gás ao empreendimento para geração de energia, reduzindo o consumo de diesel e as emissões atmosféricas, ainda segundo o Ibama. Petrobras O diretor de governança e conformidade da Petrobras, Rafael Mendes Gomes, renunciou ao cargo alegando razões pessoais, informou a petroleira nesta sexta-feira. “A Petrobras iniciará um processo seletivo para escolha do novo diretor”, acrescentou a companhia em comunicado. O diretor de assuntos corporativos, Eberaldo de Almeida Neto, acumulará interinamente o cargo até a escolha de um novo nome, que deve ser eleito pelo conselho de administração com base em lista tríplice de profissionais pré-selecionados por empresa especializada. Gomes havia assumido o cargo em maio do ano passado. IGB A IGB Eletrônica, dona da Gradiente e que está em recuperação judicial, planeja voltar à ativa produzindo equipamentos para produção de energia solar na Zona Franca de Manaus. A companhia afirmou nesta sexta-feira que pretende retomar a operação no Polo Industrial de Manaus com a produção de inversores solares. “O início das atividades (está) condicionado à aprovação de assembleia geral de credores, sem data prevista para realização, em razão da suspensão do processo de recuperação judicial da companhia”, diz trecho de fato relevante da empresa enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Iguatemi A administradora de shopping centers de alto padrão Iguatemi (SA:IGTA3) está levando mais tempo que o esperado para reduzir os descontos concedidos anteriormente aos lojistas, conforme a recuperação da economia segue em marcha lenta, o que vem distanciando o grupo da meta de crescimento de duplo dígito nas receitas em 2019. Ainda assim, a empresa será capaz de entregar uma alta de pelo menos 5 por cento no faturamento este ano, disse à Reuters a diretora financeira da Iguatemi, Cristina Betts, em entrevista na quinta-feira. “Esperávamos um ano mais forte quando fizemos nosso orçamento... Mas sem dúvida nenhuma se a economia avançar chegaremos ao topo da estimativa (de 5% a 10%) para 2019”, acrescentou. Cesp A elétrica Cesp (SA:CESP6) decidiu não solicitar ao governo federal a prorrogação do contrato de concessão de sua hidrelétrica Jaguari, que vence em 2020, segundo documento divulgado pela companhia nesta sexta-feira. Com isso, a empresa de energia controlada pela Votorantim Energia e pelo fundo canadense CPPIB deverá ver levemente reduzido seu atual parque gerador, que soma três usinas, mas tem a capacidade quase toda concentrada em um único empreendimento, a hidrelétrica de Porto Primavera, com 1,54 gigawatt. A usina de Jaguari, em São José dos Campos, possui 28 megawatts em potência. Além dessa unidade e de Porto Primavera, compõe ainda o portfólio da Cesp a hidrelétrica de Paraibuna, com 87 megawatts em potência. Agenda de Autoridades O presidente Jair Bolsonaro começa a segunda-feira recendo Onyx Lorenzoni, Ministro-Chefe da Casa Civil da Presidência da República, se reunindo em seguida com Ernesto Araújo, Ministro de Estado das Relações Exteriores; Won Hye-young, Presidente do Grupo Parlamentar Coreia-Brasil do Congresso Nacional da República da Coreia; e Kim Moo-sung, Presidente do Fórum Coreia-América Latina do Congresso Nacional da República da Coreia. Na parte da tarde, Bolsonaro e Araújo têm reunião com Sohei Sasakawa, Presidente da Fundação Nippon. Em seguida, o presidente tem reuniões com Paulo Guedes, Ministro de Estado da Economia, Abraham Weintraub, Ministro de Estado da Educação, fechando o dia se encontrando com o Coronel Orlando Ferreira da Costa Filho. A segunda-feira do ministro da Economia Paulo Gudes começa com uma Reunião geral dos secretários do Ministério da Economia, almoçando em seguida com os secretários especiais da pasta. Na parte da tarde, após a reunião com Bolsonaro, Guedes recebe o secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, encerrando o dia com uma reunião semanal com o secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais, Marcos Troyjo. Com Investing.com

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content