segunda, 06 de dezembro de 2021
Centauro

Centauro tem resultado acima do esperado no segundo tri

14 agosto 2019 - 12h04Por Eduardo Guimaraes
Por Eduardo Guimarães* A varejista de produtos esportivos Centauro (CNTO3) divulgou nesta quarta-feira, 14, após o fechamento do mercado, os números do segundo trimestre. O resultado apresentado foi bom e acima do esperado em receita. O principal destaque positivo foi o aumento da participação das vendas digitais no resultado total, de 17,7% para 19,2 e da geração bruta de caixa operacional (Ebitda). Esperamos um impacto positivo no preço das ações (CNTO3) no curto prazo. Os números apresentados pela companhia surpreenderam, mesmo levando em conta a base de comparação com o segundo trimestre de 2018, efeito não recorrente da Copa do Mundo, que impactou positivamente os resultados. A receita líquida cresceu 5,1%, e desconsiderando o efeito Copa do Mundo no segundo trimestre do ano passado, esse crescimento seria de 17%. Esse movimento foi impulsionado pelo crescimento da plataforma digital de 14,5%, enquanto as lojas físicas apresentaram um modesto crescimento de 3%. Excluindo os efeitos da Copa, o crescimento da plataforma digital seria de 27%. O crescimento da plataforma digital fez com que ela passasse a representar 19,2% do faturamento, aumento de 1,5 ponto percentual comparado ao mesmo trimestre de 2018. O Ebitda apresentou crescimento de 224,8%, impactado pela reversão de passivos tributários me disputa sobre o PIS/COFINS, que gerou um impacto positivo tanto em outras receitas (não recorrente nas despesas) e como o resultado financeiro (atualização monetária positiva sobre o passivo). A margem Ebitda apresentou uma melhora de 32,2%, ao desconsiderar o efeito dos impostos, essa margem seria de 11,9. A empresa seguiu à risca a destinação dos recursos obtidos com a abertura de capital – IPO – investindo na expansão de suas lojas na modalidade G5 e reduzindo o endividamento total. A dívida líquida/Ebitda saiu de 4X no segundo trimestre de 2018 para 0,6. A redução é positiva para os resultados futuros da Companhia. O lucro líquido, que também foi impactado pelas reversões fiscais e a correção monetária, foi de 118 milhões de reais um aumento de 22,3 pontos percentuais.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content