Menu
Busca segunda, 18 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
ações

Futuros de Wall Street no negativo após imprensa chinesa elevar tom contra os EUA

17 maio 2019 - 09h17Por Investing.com
Investing.com - Os contratos futuros dos EUA apontam para uma abertura em queda nesta sexta-feira, depois que a mídia estatal da China expressou frustração no curso das negociações comerciais. É "sem sentido" que os funcionários se encontrem sem que os EUA mostrem que é sincero, escreveu Taoran Notes, um blog do WeChat administrado pelo estatal Economic Daily, considerado um porta-voz da opinião do governo. A retórica mais dura da China, que contrasta com seu otimismo anterior em relação à resolução da disputa comercial, está forçando os investidores a embutir um risco maior sobre a crescente tensão entre as duas maiores economias do mundo.

O seu dinheiro não pode ficar nem mais um minuto sem render! Abra uma conta na Órama e comece a investir!

Essa reclamação chinesa ocorre logo após a exclusão da gigante de equipamentos de telecomunicações Huawei do mercado norte-americano na quarta-feira por ordem executiva de Trump. Em mais notícias do gigante asiático, os compradores chineses fizeram um boicote efetivo à carne suína dos EUA na semana passada, apesar da escassez de carne em seu próprio país devido a um surto devastador de peste suína. Os futuros do Dow cediam 113 pontos ou 0,4% às 8h20, enquanto os futuros do S&P 500 perdiam 12 pontos ou 0,4%. Os futuros do Nasdaq 100 recuavam 42 pontos ou 0,5%. A Nvidia (NASDAQ:NVDA) estava entre as maiores altas no pré-mercado, depois que seu balanço no primeiro trimestre bateram o consenso, embora as vendas em seu segmento de jogos tenham caído. A Amazon (NASDAQ:AMZN) perdia 0,7% no pré-mercado ao anunciar que está investindo na empresa de entrega de alimentos UK Deliveroo, enquanto o Pinterest (NYSE:PINS) recuava 14,8% após o primeiro balanço desde a abertura de capital não conseguir cumprir as previsões. A Fiat Chrysler Automobiles (NYSE:FCAU) caía 1% e a Apple (NASDAQ:AAPL) operava com perdas de 0,7%. A Applied Materials (NASDAQ:AMAT) ganhava 5,4% após um trimestre melhor do que o esperado. Na frente econômica, os números de confiança do consumidor saem às 11h, enquanto o vice-presidente do Federal Reserve Richard Clarida tem um discurso na agenda, seguido pelo presidente do Fed de Nova York John Williams e o presidente do Fed de Dallas, Robert Kaplan, no final do dia. Em commodities, o petróleo bruto subia 1,2%, para US$ 62,63 por barril, devido a temores de conflito entre os EUA e o Irã, enquanto os futuros do ouro caíam 0,1%, para US$ 1.285,05 por onça-troy. O índice dólar, que mede a força da moeda norte-americano em comparação com a cesta das seis principais moedas, subia 0,1%, para 97,720.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: