Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
FLEURY

Fleury: 'O pior ficou para trás', avalia BTG, que eleva preço-alvo para R$ 26

06 julho 2020 - 16h20Por Investing.com

Investing.com - O pior parece já ter ficado para trás para a Fleury. Após reunião virtual com a diretoria da empresa e receber dados recentes de demanda, analistas do BTG Pactual elevaram para R$ 26, de R$ 22, o preço-alvo das ações da companhia. A recomendação segue neutra.

Às 16h17, as ações da Fleury (SA:FLRY3) eram negociadas em alta de 1,29%, a R$ 25,11.

Na última semana de junho, a demanda do laboratório já estava em cerca de 90% do normal pré-pandemia. A estimativa é que, agora, entre 15% e 20% da receita venham dos testes de Covid-19, o que compensa parcialmente a queda na demanda por outros exames.

Durante o pico da crise de Covid-19, a companhia adotou uma série de medidas, como a expansão dos testes de Covid-19; a transformação digital e os serviços à domicílio, que agora correspondem a 12% da receita contra 5% em junho do ano passado. As iniciativas foram bem-sucedidas, segundo os analistas.

A expectativa, no entanto, é que os resultados do 2T sejam difíceis, visto que a recuperação na demanda começou a ocorrer de maneira significativa apenas em junho.

Participaram da reunião com o BTG o CEO da Fleury, Carlos Marinelli, o diretor-financeiro, Fernando Leão (CFO), e o diretor de RI, Rodrigo Manso.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: