Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
eletrobras rating

Eletrobras: Moody's eleva rating para Ba2, com perspectiva estável

17 setembro 2020 - 14h49Por Investing.com

Por Gabriel Codas, da Investing.com - Na parte da tarde desta quinta-feira, as ações da Eletrobras operam com leve queda. A estatal informou na noite de ontem que a agência de classificação de risco Moody´s elevou o rating da Companhia em 1 nível, de “Ba3” para “Ba2”. Simultaneamente, a agência também aumentou em 1 nível a avaliação de crédito básica da empresa (BCA) de “b1” para “Ba3”. A perspectiva para todos os ratings foi alterada de positiva para estável.

Por volta das 14h40, os ativos da Eletrobras (SA:ELET3) cediam 0,66% a R$ 33,16. O Ibovespa tinha leve alta de 0,33%, aos 100.007 pontos.

Segundo a agência, a atualização do BCA da Eletrobras para “Ba3” reflete a melhoria do perfil de crédito da empresa após suas iniciativas de redução de custos e reestruturação de negócios implementadas desde 2016, permitindo que a empresa retome um caminho de investimento para sustentar sua posição dominante no setor elétrico brasileiro.

Os ratings consideram uma maior visibilidade da estratégia de investimento da empresa, conforme destacado em seu plano de negócios de longo prazo divulgado em agosto, com o compromisso da administração com uma abordagem de disciplina financeira. A atualização também incorpora melhorias na posição de liquidez da empresa, decorrentes da conclusão de iniciativas de gestão de passivos que alongaram o perfil de vencimento da dívida.

A Moody´s avalia que perfil de crédito individual da Eletrobras permanece limitado pelo montante significativo de passivos pendentes e riscos de execução associados a Angra 3, um projeto de usina nuclear de 1,4 gigawatt de propriedade da subsidiária Eletronuclear. Cerca de R$ 14 bilhões, ou 43% do orçamento total de investimentos até 2024, serão destinados à conclusão deste projeto, que está paralisado desde 2015.

A empresa já comprometeu R$ 3,5 bilhões de recursos patrimoniais para a recuperação das obras no próximo ano, mas os estudos de viabilidade, renegociações de contratos e liquidação financeira ainda estão pendentes

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: