Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Ecorodovias

Ecorodovias tem forte alta com queda menor no tráfego em rodovias

18 agosto 2020 - 12h04Por Investing.com

Por Gabriel Codas - Invesing.com - Na parte da manhã desta terça-feira, as ações da Ecorodovias (SA:ECOR3) têm importante valorização na B3, acima dos ganhos do Ibovespa hoje. A companhia informou que tráfego de veículos em estradas administradas caiu 15,3% no acumulado de 16 de março a 16 de agosto ante período similar de 2019, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira pela companhia.

Por volta das 11h46, os papéis somavam 4,69% a R$ 13,40, próximo à máxima do dia em R$ 13,44. O Ibovespa tinha alta de 1,8% a 101.391 pontos.

O dado sugere alguma recuperação frente à queda de 16,1% apurada de 16 de março a 9 de agosto.

Na rodovia dos Imigrantes, um dos principais ativos da empresa, a redução no tráfego passou de 17,5% para 16,8% na mesma base de comparação, informou a companhia.

Balanço

A companhia teve lucro líquido de R$ 35,3 milhões entre abril e junho, queda de 41,2% ante mesma etapa do ano passado. Desconsiderando pagamentos por acordos com o Ministério Público de São Paulo e de leniência, o lucro teria subido 47%, a R$ 84,2 milhões.

A receita líquida da companhia, excluindo as geradas por construção, recuou 7,5%, também refletindo o impacto da pandemia nas operações do porto de Santos.

Já o resultado operacional da companhia medido pelo lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) somou 354,3 milhões de reais, queda de 18,2% no comparativo ano a ano.

A Ecorodovias fechou junho com 1,58 bilhão de reais em caixa, queda de 24% em três meses. A alavancagem financeira, medida pela relação dívida líquida sobre Ebitda subiu de 3,1 para 3,3 vezes de março para junho.

Responsável pela gestão do Sistema Anchieta-Imigrantes, que liga a capital paulista ao litoral e ao Porto de Santos, a companhia está priorizando contenção de despesas e avaliando adiar investimentos devido à Covid-19, que entre outros efeitos provocou queda de 13,4% no tráfego das estradas sob sua concessão no segundo trimestre.

(Com contribuição de Reuters)

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: