quinta, 09 de dezembro de 2021
Ecorodovias tráfego

Ecorodovias avança com dados do tráfego apontando para leve recuperação no volume

22 setembro 2020 - 12h33Por Investing.com

Por Gabriel Codas, da Investing.com - Na parte da manhã desta terça-feira na bolsa paulista, as ações da Ecorodovias (SA:ECOR3) operam ganhos moderados, depois da companhia informar que o tráfego de veículos em estradas administradas caiu 12,1% no acumulado de 16 de março a 20 de setembro ante período similar de 2019.

Com isso, por volta das 12h30, os ativos tinham alta de 0,08% a R$ 12,41. O Ibovespa recuava 0,51% a 96.499 pontos.

O dado sugere alguma leve recuperação frente à queda de 12,7% apurada de 16 de março a 13 de setembro. Na rodovia dos Imigrantes, um dos principais ativos da empresa, a redução no tráfego passou de 13,7% para 13,1% na mesma base de comparação, informou a companhia.

CCR (SA:CCRO3)

Na última sexta-feira, a CCR o tráfego consolidado referente às suas rodovias (em quantidade de veículos), à mobilidade urbana (em passageiros transportados), e aos aeroportos (em número de passageiros embarcados), no período de 11 a 17 de setembro, em relação à mesma semana de 2019, e também a comparação de 1º de janeiro a 17 de setembro, sobre o mesmo intervalo do ano passado.

No que se refere à semana de 11 a 17 de setembro, houve aumento de 3,3% no tráfego de veículos de passeio e comerciais, nas rodovias NovaDutra (SP-RJ), RodoNorte (PR), AutoBAn (SP), ViaOeste (SP), MSVia (MS) e ViaSul (RS). No consolidado do ano, de 1º de janeiro a 17 de setembro, houve recuo de 5,1% na comparação anual.

Na CCR Mobilidade, a queda foi de 54,4%. No acumulado de 2020, o recuo é de 45,6% ante o ano passado. Por fim, nesta semana houve recuo de 78% na CCR Aeroportos na comparação anual. No acumulado do ano, a queda chega a 61,2%, se comparado com o mesmo período de 2019.

As ações da concessionária de rodovias avançava 1,35% a R$ 13,53.

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content