sábado, 04 de dezembro de 2021

Destaques: bolsas nos EUA e petróleo em queda

06 agosto 2020 - 09h21Por Investing.com

Por Geoffrey Smith - Investing.com - Os números de pedidos iniciais de seguro-desemprego ficou encaixotado entre os dois grandes indicadores mensais do mercado de trabalho: será divulgado um dia depois do ADP e na véspera do Payroll. 

Os mercados de ações devem abrir em queda, após ficar no terreno positivo durante a madrugada. Os investidores monitoram o debate em entre congressistas dos EUA, que novamente entraram em impasse. 

As encomendas das fábricas alemãs sobem novamente, mas os balanços europeus decepcionam e o ouro e a prata marcham para novos picos. 

Aqui está o que você precisa saber nos mercados financeiros na quinta-feira, 6 de agosto.

1. Solicitações iniciais de seguro-desemprego e impasse no pacote fiscal

Enquanto os legisladores discutem o próximo pacote de medidas para apoiar a economia, os EUA divulgam seus últimos números semanais para aqueles que reivindicam benefícios de seguro-desemprego.

Espera-se que as solicitações iniciais do benefício tenham caído um pouco na semana passada, após um período de duas semanas em alta, embora o número de reivindicações contínuas esteja definido para permanecer em níveis extremamente altos.

Os economistas esperam 1,415 milhão pedidos iniciais solicitados semana passada, abaixo dos 1,434 milhões da semana anterior, e 16,72 milhões de reivindicações contínuas, abaixo dos 17,02 milhões do número anterior.

O chefe de gabinete da Casa Branca, Mark Meadows, disse na quarta-feira que as duas partes continuam distantes em busca de um pacote de compromisso, acrescentando que “se não tivermos um acordo até sexta-feira, não estou otimista de que mais tempo nos levará até lá." A Casa Branca está ameaçando romper o impasse com ordens executivas se as duas câmaras do Congresso não conseguirem chegar a um acordo.

2. Alemanha se recupera, mas ganhos na Europa caem

A recuperação da Alemanha está a caminho. As encomendas de fábricas, um indicador de avanço geralmente confiável para o coração industrial da Europa, subiram a um recorde de 27,9% em junho, muito acima das expectativas de um avanço de 10,4%. Houve fortes recuperações para a indústria automobilística e para pedidos de fora da zona do euro.

No entanto, os pedidos ainda estavam em queda de mais de 11% em relação ao ano anterior.

Em outras partes da Europa, a produção industrial na Itália também se recuperou 8,2% em junho, mais forte do que os 5,1% esperados.

Os dados amorteceram o impacto de uma rodada da temporada de balanços sombria, na qual a Lufthansa relatou sua maior perda operacional trimestral de todos os tempos, a Adidas também ficou no vermelho, e a seguradora AXA e a trading de commodities Glencore (LON:GLEN) reduziram seus dividendos.

3. Ações devem abrir em queda à medida que o número de mortos aumenta novamente

Os mercados de ações dos EUA devem abrir em queda, hesitando em estender ganhos recentes em um cenário de impasse em Washington. Os dados do coronavírus de quarta-feira, que mostraram mais mortes nos EUA do que em qualquer outro dia, também mantêm a pandemia em primeiro lugar.

Às 8h57 (horário de Brasília), o contrato futuro do Dow caia 86 pontos ou 0,3%, enquanto o contrato futuro do S&P 500 caía 0,3% e o contrato futuro do Nasdaq 100 caía 0,1%

As ações que provavelmente estarão em foco incluem a Walt Disney, que atingiu uma máxima pós-pandemia na quarta-feira, após resultados trimestrais surpreendentemente fortes. As grandes divulgações de resultados de hoje nos EUA ocorrem principalmente após o fechamento, provenientes de T-Mobile US, Booking, Illumina e Uber (NYSE:UBER).

4. Libra sobe com comentários do Bank of England

O Bank of England disse que a economia do Reino Unido precisará de pelo menos até o final de 2021 para retornar aos níveis pré-pandêmicos de produção.

No entanto, também disse que agora espera que o declínio econômico seja um pouco menor, nos comentários que explicam uma decisão unânime de não fazer alterações nas taxas de juros ou nos programas de compra de títulos na reunião regular do Comitê de Política Monetária.

A libra, que também foi apoiada por um PMI da Construção mais forte do que o esperado, ganhou força em relação ao dólar e ao euro.

Mais cedo, o Reserve Bank of India tornou-se o segundo banco central de uma importante economia emergente em 24 horas para avisar que estava ficando sem escopo para mais cortes nas taxas de juros. Diferentemente de sua contraparte brasileira, o RBI manteve sua taxa básica inalterada, enquanto o Banco Central do Brasil ainda sinalizou mais cortes "residuais" caso as variáveis econômicas contribuir

5. Petróleo consolida; metais preciosos marcham mais alto

Os mercados de commodities voltaram ao modo de risco, com os preços do petróleo perdendo alguns dos ganhos que obtiveram depois dos fortes dados de estoque dos EUA na quarta-feira.

Os contratos futuros de petróleo dos EUA caíam 0,5% a US$ 41,97 por barril, enquanto a referência internacional Brent subia 0,04% a US$ 45,19 por barril.

Por outro lado, os portos-seguro ouro e prata subiam mais, com ouro quebrando pela primeira vez o marco de US$ 2.050 por onça e os futuros de prata atingindo outra máxima de sete anos, chegando perto do nível de US$ 28 por onça.

Os metais preciosos permanecem apoiados por sinais de inflação chegando ao fundo e expectativas aumentando, mesmo quando os rendimentos nominais dos títulos diminuem.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content