quinta, 09 de dezembro de 2021
Cyrela

Cyrela inicia o dia com perdas com divulgação de prévia do 2º trimestre

14 julho 2020 - 11h36Por Investing.com
Por Gabriel Codas Investing.com - Nos primeiros negócios da manhã desta terça-feira na bolsa paulista, as ações da Cyrela (SA:CYRE3) operam com desvalorização. Na noite de ontem, a companhia divulgou queda de vendas e lançamentos de imóveis residenciais no segundo trimestre ante o mesmo período do ano passado, atingida pelos impactos econômicos causados pelas medidas de quarentena contra o coronavírus. Por volta das 10h30, os ativos perdiam 1,58% a R$ 26,12, perdas acima da desvalorização do Ibovespa no momento da escrita. Após abrir em alta, o principal índice acionário brasileiro registrava leve recuo de 0,07% a 98.633 pontos. A companhia apurou vendas de R$ 818 milhões entre abril e o final de junho, uma queda de cerca de 57% na comparação anual. Os lançamentos recuaram 81%, a R$ 395 milhões, e foram equivalentes a cinco empreendimentos, segundo a prévia operacional do período. A empresa, que divulga o balanço do segundo trimestre em 13 de agosto, teve no semestre quedas de 22,5% nos lançamentos e de 26,6% nas vendas. Na avaliação do BTG Pactual (SA:BPAC11), os números operacionais foram impressionantes, já que a empresa conseguiu lançar R$ 395 milhões (apesar dos estandes de vendas terem sido fechados durante a maior parte do segundo trimestre), que vendeu muito bem; e as vendas de estoques voltaram a ser muito sólidas (caíram apenas 7%  t/t e 11% a/a), o que é uma notícia positiva, considerando tudo. Assim, a equipe mantém a classificação de compra nas ações, negociando a 2,2x P / TBV. Para a Mirae Asset, no geral, os números foram mais fracos, afetados pelos efeitos do covid-19, mas ficaram acima da expectativa. A corretora espera recuperação ao logos dos próximos meses e principalmente a partir do 4T20.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content