Menu
Busca domingo, 17 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
ações

Concessionárias querem acelerar cálculo para renegociar contratos por pandemia

23 junho 2020 - 13h35Por Investing.com
Por Gabriel Codas Investing.com - As concessionárias de rodovias querem acelerar as negociações para um reequilíbrio econômico-financeiro dos contratos com o Poder Público. Para isso, as companhias estão buscando formas para calcular as perdas nas operações por conta da pandemia do novo coronavírus. As informações são da edição desta terça-feira da Coluna do Broad, do Estadão. Por volta das 12h40, os ativos da CCR (SA:CCRO3) somavam 0,48% a R$ 14,76 e os da Ecorodovias (SA:ECOR3) 1,08% a R$ 13,15. A publicação destaca que o presidente da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR), César Borges, informou que já contratou consultoria para auxiliar nesse cálculo. A reportagem aponta que a forma de cálculo do desequilíbrio nas concessões pode ser feita de forma mais genérica, enquanto que as recomposições dos contratos serão analisadas caso a caso pelo Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Assim, o jornal explica que assim que a fórmula estiver calculada pela entidade, a proposta será apresentada ao governo. O executivo argumentou que esse será o segundo passo, para que as empresas consigam recompor os danos causados pela pandemia. O primeiro deles já foi dado depois que a a Advocacia-Geral da União (AGU) reconheceu que as perdas causadas neste período são de responsabilidade do poder público, e não do concessionário. No fim, será o passo do reequilíbrio dos contratos. A ABCR entende que essa fase deve ocorrer ainda este ano. Borges defende que seja o mais rápido possível, de preferência no terceiro trimestre.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: