quarta, 01 de dezembro de 2021
Oferta pública inicial

Cantu Store protocola pedido de registro de IPO na Comissão de Valores Mobiliários (CVM)

Companhia especializada no e-commerce de pneus afirma que pretende utilizar os recursos captados no âmbito da oferta para o capital de giro e em investimentos de private label (marcas próprias), projetos, novos negócios e em reorganização societária

25 outubro 2021 - 10h02Por Redação SpaceMoney

Na quinta-feira (21), o grupo Cantu Store, especializado no e-commerce de pneus, protocolou um pedido de registro para realizar uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) junto à CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

A oferta, segundo o prospecto preliminar, deve consistir em distribuição primária e secundária.

A companhia afirma que pretende utilizar os recursos captados no âmbito da oferta para o capital de giro e em investimentos de private label (marcas próprias), projetos, novos negócios e em reorganização societária.

O grupo atua no Paraná desde o ano de 2007 e dispõe hoje de vinte e seis filiais em dezessete unidades federativas e quatro centros de distribuição.

Atualmente, a companhia atua em duas frentes de negócios por meio de duas marcas: a PneuStore, varejista online B2C e a CantuPneus, marca de oferta com foco em distribuição B2Fleet (pneus de caminhões comerciais para frotas) e B2B.

A companhia reportou um lucro líquido de R$ 118 milhões no acumulado de janeiro a setembro deste ano. O montante representa um número 19x maior ao obtido sobre o mesmo intervalo de 2020.

Os lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustados foram de R$ 118,4 milhões - 157,9% maior que o registrado ano passado.

Coordenam a oferta Itaú BBA, BTG Pactual, JP Morgan e Citi.

 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content