Menu
Busca segunda, 25 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
BTG SLC Agrícola

BTG recomenda SLC Agrícola com preço-alvo de R$ 32

28 outubro 2020 - 15h53Por Redação SpaceMoney

O banco de investimento BTG Pactual, em relatório divulgado na última segunda-feira (26), manteve a recomendação de compra da SLC Agrícola, produtora de soja e algodão brasileira, com preço-alvo de R$32 por ação.

O investimento em tecnologia, a chamada agricultura 4.0, que inclui agricultura de precisão e conectividade agrícola (com 4G celular já disponível em 5 fazendas), foi um dos fatores mais destacados.

Segundo o relatório, o banco atualizou suas projeções para retratar o recente aumento nos preços de grãos e algodão, ao mesmo tempo que reduziu os rendimentos esperados para a produção de milho e soja neste ano, devido aos riscos climáticos.

Com isso, o BTG aumentou sua estimativa para o Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização, na sigla em inglês) de 2021 da SLC, ficando em R$ 943 milhões. Já o Capex – recurso despendido na aquisição ou introdução de melhorias de bens de capital – da companhia no ano que vem foi estimado em R$ 100 milhões.

“[Essa estimativa] reflete a nossa visão de que a SLC em breve embarcará em uma nova fase de expansão”, escreveu o BTG.

Clima acende alerta

Segundo o banco, o clima extremamente seco e quente na região centro-sul do Brasil nos últimos meses começou a ter um impacto sobre o potencial de produtividade da soja, a exemplo da semeadura que foi adiada na maioria das regiões do estado de Mato Grosso.

Embora a soja ainda seja capaz de se recuperar caso os níveis de chuva sejam adequados no final de outubro, ela representa uma ameaça para a colheita de milho e algodão da 2ª safra.

Commodities

Segundo o relatório do banco, a SLC está otimista com os preços das commodities. Isso se deve à crescente demanda por grãos, combinada com a recuperação do preço do algodão e a depreciação do Real, o que leva a produtora agrícola a acreditar que os preços das safras futuras serão os melhores já registrados.

A posição de hedge – estratégia de proteção dos investimentos – da SLC ainda é relativamente pequena para a próxima safra (62% e 60% para soja e algodão, respectivamente, com base no relatório de lucros do segundo trimestre), já que a empresa acredita que os preços podem continuar a subir.

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: