Menu
Busca sábado, 16 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Blue Chips

Já ouviu falar em Blue Chips? Conheça mais sobre essas ações

27 dezembro 2019 - 11h35Por Redação Space Money

Você quer encontrar boas ações para deixar sua carteira de investimentos ainda melhor? Saiba que os ativos considerados Blue Chips têm atraído bastante o público nacional e estrangeiro. Quem começa a estudar sobre o mercado financeiro e busca dicas de investimentos sempre se depara com alguns termos curiosos, mas que são imprescindíveis no dia a dia de um trader ou holder. Sabemos que as ações contam com várias divisões específicas, de modo que o nível de liquidez é um fator importante a ser analisado. Sendo assim, acompanhe a leitura e veja o que é uma ação Blue Chip, quais são as suas características e as vantagens de investir nelas!

O que são ações Blue Chips?

O termo Blue Chips tem origem nos jogos de pôquer, em que as fichas mais valiosas se concentram nas cores azuis. O que nos faz entender o porquê dessas ações figurarem no Olimpo da bolsa de valores. Não há um índice específico para essas ações. Mas, se pensarmos em uma carteira teórica, as empresas de primeira linha em termos de liquidez, governança, lucros e outros indicadores são as que fazem parte desse grupo. É importante salientarmos que essas ações não necessariamente apresentam os preços mais altos nas cotações. Existem outros fatores que influenciam isso, no entanto, são aquelas que costumam ter crescimentos consistentes a cada ano. As Blue Chips são responsáveis por movimentar um grande volume de compras e vendas na bolsa de valores. Elas também geralmente são líderes nos setores que atuam.

Quais são as principais características delas?

Partindo do princípio de que as ações de primeira linha são classificadas a partir de um consenso especulativo do mercado. Torna-se importante observarmos algumas características fundamentais que qualificam uma empresa como Blue Chip. O primeiro aspecto que faz a diferença é a liquidez, pois, diferentemente das ações Small Caps, esses ativos são mais procurados para negociação. Levando em conta o volume diário desses ativos, isso mostra que são empresas confiáveis e que podem apresentar uma boa rentabilidade a curto, médio e longo prazo. São as ações que os investidores do método Buy and Hold adoram. Pois apresentam resultados positivos em seus balanços patrimoniais e, até mesmo, disponibilizam bons percentuais de dividendos aos acionistas. Outra característica importante é que as Blue Chips constroem um bom relacionamento com os investidores. Elas apresentam vários fatos relevantes que auxiliam na tomada de decisão e tornam a comunicação transparente. As companhias dessa linhagem costumam ter uma boa gestão de conflitos também, pois conseguem driblar situações adversas e manter a credibilidade no mercado.

Quais são os maiores exemplos de ações desse tipo?

Preste atenção que nem sempre as maiores altas do dia representam as ações Blue Chips. Afinal, o crescimento não é linear como muitos iniciantes na bolsa imaginam. Por isso, fique de olho em muitos dos ativos do índice IBOVESPA e as marcas mais valiosas, sendo que algumas dessas você pode acompanhar abaixo para compreender melhor o porquê de serem especiais.

Ambev (ABEV3)

A Ambev surgiu da união histórica entre Brahma e Antarctica no final dos anos 1990. Desde então, alcançou muitos níveis de sucesso no mundo todo entre fusões e aquisições. Não à toa é a líder no segmento de bebidas, afinal, ostenta 30 marcas em seu portfólio de produtos, como Skol, Brahma, Antarctica, Stella Artois, Original, entre outras que fazem essa companhia ter mais de 65 bilhões em patrimônio líquido.

Petrobras (PETR3 e PETR4)

Apesar dos destaques negativos nas manchetes políticas, a Petrobras ainda é uma das maiores empresas do Brasil. Sendo responsável por boa parte do volume de negociações da Bovespa. Ela está listada na bolsa de valores desde 1977. Atua com a produção, o refino, a comercialização, o transporte, entre outros aspectos relevantes ligados ao petróleo, gás natural e biocombustíveis.

Itaú (ITUB3 e ITUB4)

Entre os “bancões” tradicionais, o Itaú é o que mais acena para o mundo digital. Ele proporciona serviços que fazem da marca algo presente na memória dos consumidores. Tanto isso é verdade que a empresa fincou presença em 18 países. Ela conta também com um índice percentual de dividendos de 7,8%, algo que chama a atenção de qualquer investidor fundamentalista.

Suzano (SUZB3)

Com sede em Salvador, na Bahia, e responsável por tratar de materiais básicos como papel e celulose, essa é uma das empresas que deixam os acionistas cheios de orgulho, pois obteve um crescimento de 21,4% nos últimos 5 anos. Sua governança corporativa é tida como uma das melhores na bolsa de valores, o que explica ter mais de 1 bilhão de ações sendo negociadas no Brasil e no mundo.

IRB Brasil (IRBR3)

No ramo de seguros existem empresas que apresentam ótimos resultados financeiros, mas a IRB Brasil consegue ir além nessa questão e, mesmo sendo uma novata na bolsa, conta com a tradição de mais de 80 anos no setor. A companhia desperta comentários positivos entre os investidores, de modo que o seu volume de negócios nos últimos tempos chegou ao patamar de um split de ações.

Quais são as vantagens das ações Blue Chips?

Por movimentarem grandes volumes de dinheiro, as Blue Chips se tornam um chamariz e tanto para investidores de todos os tipos, pois o desempenho que apresentam é bem útil para traçar ótimas estratégias. Aplicar seu dinheiro nelas é uma forma de tornar os seus investimentos mais seguros, tendo em vista que sua carteira pode apresentar bons índices de variação, dependendo do número de ativos. Elas servem como termômetro da bolsa de valores e podem nortear o rumo de muitas negociações, influenciando o mercado a ter ânimo de investir. Seus papéis são vendidos com muita rapidez, portanto, é possível acompanhar a ordem sendo executada em instantes no Home Broker, o que favorece as movimentações de quem se especializa em Day Trade, por exemplo. Acompanhar suas variações é uma forma de perceber como está o interesse dos investidores estrangeiros em relação às empresas brasileiras, refletindo em novas oportunidades para a nossa economia e decisões fundamentadas. Por serem referência, as Blue Chips apresentam uma boa relação entre risco x retorno, por isso são bem recomendadas pelas corretoras de valores. Por fim, para investir com consciência, lembre-se que muito mais do que apostar suas fichas nas Blue Chips é preciso se informar bastante quanto ao mercado financeiro, pois assim você realizará bons negócios de fato. O que você achou deste artigo? Quer ficar por dentro de outros temas compartilhados no blog? Então aproveite e se inscreva em nossa newsletter agora mesmo para ter acesso às novidades em primeira mão!
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: